La Flèche Wallonne (1.WT) - Antevisão

 


Foi criada para aumentar as vendas de um jornal, o Les Sports durante a década de 1930 e teve a sua primeira edição em 1936. Só não decorreu em 1940, devido à segunda guerra mundial.
Desde 1983 que a Flèche Wallone termina com a peregrinação até ao “O caminho das capelas”, termo religioso que se aplica àquele que é conhecido como Muro de Huy, devido à presença de sete capelinhas em plena subida. 
Nos primeiros anos de vida, a prova fazia parte do fim de semana da Liège-Bastogne-Liège, que era conhecido como 'o fim de semana das Ardenas'. Realizava-se ao sábado e a La Doyenne, ao domingo, nessa altura o melhor corredor no conjunto das duas recebia uma prémio especial, porém, hoje em dia isso deixou de fazer parte da tradição.
Alejandro Valverde é o recordista de vitórias, com 5 triunfos. Marcel Kint, Eddy Merckx, Moreno Argentin e Davide Rebellin seguem-se com 3 conquistas. Os belgas dominam a prova com 38 vitórias, contra as 18 dos italianos e as 8 dos franceses.

História

Últimos 10 vencedores da Prova
2010 Cadel Evans (Aus) - BMC Racing Team 
2011 Philippe Gilbert (Bel) - Omega Pharma-Lotto 
2012 Joaquim Rodriguez (Esp) - Team Katusha 
2013 Daniel Moreno (Esp) - Team Katusha 
2014 Alejandro Valverde (Esp) - Movistar Team
2015 Alejandro Valverde (Esp) - Movistar Team
2016 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team
2017 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team
2018 Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors 
2019 Julian Alaphilippe (Fra) Deceunicnk- Quick Step

Edição 2019


Percurso 

Herve › Huy , 202 Km

Os primeiros 115 Km são pouco interessantes.
A primeira passagem pela meta será aos 138,5 quilómetros, depois os corredores percorrerão duas voltas a um circuito, que além do Mur d'Huy, tem a Côte d'Ereffe (2.1 Km a 5%) e a Côte de Cherave (1.4 Km a 7.7%).
O vencedor nos últimos anos tem sido decidido num sprint Mur d'Huy acima, basicamente a Flèche Wallone tornou-se no campeonato do mundo dos puncheurs.




30,5 Km - Côte de Trasenster [1.9 km @ 6.2%]
119,5 Km - Côte d'Ereffe [2.1 km @ 5%]
128,5 Km - Côte du Chemin des Gueuses [1.8 km @ 6.5%]
139,5 Km - Mur de Huy [1.3 km @ 9.6%]
151 Km - Côte d'Ereffe [2.1 km @ 5%]
160,5 Km - Côte du Chemin des Gueuses [1.8 km @ 6.5%]
170 Km - Mur de Huy [1.3 km @ 9.6%]
183 Km - Côte d'Ereffe [2.1 km @ 5%]
192,5 Km - Côte du Chemin des Gueuses [1.8 km @ 6.5%]
Meta - Mur de Huy [1.3 km @ 9.6%]

Startlist

Aqui

Condições meteorológicas

Dia muito nublado nas Ardenas, não é provável que chova. 
A temperatura vai rondar os  17ºC.
O vento vai soprar moderado de sul.

Favoritos

⭐⭐⭐⭐⭐ Marc Hirschi                     
⭐⭐⭐⭐ Michal Kwiatkowski, Tadej Pogacar
⭐⭐⭐ Patrick Konrad, Michael Woods
⭐⭐ Andrea Bagioli, Tim Wellens
⭐ Sergio Higuita, Dylan Teuns, Daniel Martin

A nossa aposta: Marc Hirschi
A nova geração está em força e o suiço tem estado em grande, com vitória de etapa e prémio da combatividade no Tour e a medalha de bronze no campeonato do mundo.
Hirschi é um ciclista com uma boa explosividade e o Mur d'Huy é um bom final para ele.

Joker: Andrea Bagioli
Mais uma da nova geração, que está a fazer uma boa temporada. O jovem italiano é um ciclista com um bom punch.
A Deceuninck-QuickStep não trás Alaphipilippe, vencedor das 2 últimas edições, o italiano pelas suas características parece ser a melhor aposta dos belgas.


Seguir em directo: @flechewallonne#FlecheWallonne
Eursport 2 (a partir das 14:00, hora de PT continental)

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Publicar um comentário