La Flèche Wallonne (1.WT) - Antevisão


Foi criada para aumentar as vendas de um jornal, o Les Sports durante a década de 1930 e teve a sua primeira edição em 1936. Só não decorreu em 1940, devido à segunda guerra mundial.
Desde 1983 que a Flèche Wallone termina com a peregrinação até ao “O caminho das capelas”, termo religioso que se aplica àquele que é conhecido como Muro de Huy, devido à presença de sete capelinhas em plena subida. 
Nos primeiros anos de vida, a prova fazia parte do fim de semana da Liège-Bastogne-Liège, que era conhecido como 'o fim de semana das Ardenas'. Realizava-se ao sábado e a La Doyenne, ao domingo, nessa altura o melhor corredor no conjunto das duas recebia uma prémio especial, porém, hoje em dia isso deixou de fazer parte da tradição.
Alejandro Valverde é o recordista de vitórias, com 5 triunfos, 4 dos quais alcançados nas últimas 4 edições. Marcel Kint, Eddy Merckx, Moreno Argentin e Davide Rebellin seguem-se com 3 conquistas. Os belgas dominam a prova com 38 vitórias, contra as 18 dos italianos e as 8 dos franceses.

História

Últimos 10 vencedores da Prova
2009 Davide Rebellin (Ita) - Serramenti PVC Diquigiovanni-Androni Giocattoli
2010 Cadel Evans (Aus) - BMC Racing Team
2011 Philippe Gilbert (Bel) - Omega Pharma-Lotto
2012 Joaquim Rodriguez (Esp) - Team Katusha
2013 Daniel Moreno (Esp) - Team Katusha
2014 Alejandro Valverde (Esp) - Movistar Team
2015 Alejandro Valverde (Esp) - Movistar Team
2016 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team
2017 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team
2018 Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors

Edição 2018
1    Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors    4:53:37   
2    Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team    0:00:04   
3    Jelle Vanendert (Bel) Lotto Soudal    0:00:06   
4    Roman Kreuziger (Cze) Mitchelton-Scott        
5    Michael Matthews (Aus) Team Sunweb        
6    Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo        
7    Tim Wellens (Bel) Lotto Soudal        
8    Maximilian Schachmann (Ger) Quick-Step Floors        
9    Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale        
10    Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe    0:00:12    

Percurso

Ans › Huy (195 km)

Em 2017 a organização decidiu adicionar três subidas ao percurso, a Côte de La Vecquée, Côte de La Redoute e Côte de Mont. Esta alteração era para provocar desgaste adicional, na esperança que a prova não foi uma procissão até à ascensão final do Mur de Huy, pouco mudou e por essa razão este ano estas ascensões não estão no menu da edição deste ano.
As primeiras dificuldades aparecem aos 46 e 57 quilómetros com a Côte de Tancrémont e a Côte des Forges. A primeira passagem pela meta será aos 137,5 quilómetros, depois os corredores percorrerão duas voltas a um circuito, que além do Mur d'Huy, tem a Côte d'Ereffe (2.1 Km a 5%) e a Côte de Cherave (1.4 Km a 7.7%).
O vencedor nos últimos anos tem sido decidido num sprint Mur d'Huy acima, basicamente a Flèche Wallone tornou-se no campeonato do mundo dos puncheurs.




Subidas categorizadas:  
Km 46 – Côte de Tancrémont – Montée de 2,6 km a 5,9 %
Km 57 – Côte des Forges – Montée de 1,3 km a 7,8 %
Km 120,5 – Côte d’Ereffe – Montée de 2,1 km a 5 %
Km 131 – Côte de Cherave – Montée de 1,3 km a 8,1 %
Km 137 – Mur de Huy – Montée de 1,3 km a 9,6 %
Km 149,5 – Côte d’Ereffe – Montée de 2,1 km a 5 %
Km 160,5 – Côte de Cherave – Montée de 1,3 km a 8,1 %
Km 166 – Mur de Huy – Montée de 1,3 km a 9,6 %
Km 178,5 – Côte d’Ereffe – Montée de 2,1 km a 5 %
Km 189,5 – Côte de Cherave – Montée de 1,3 km a 8,1 %
Km 195 – Mur de Huy – Montée de 1,3 km a 9,6 %

Startlist

Aqui

Condições meteorológicas

Dia com poucas nuvens na Ardenas, temperatura agradável a rondar os 20ºC. o vento irá soprar forte de Sul, é um fator a ter em conta, não será de estranhar se algumas equipas queiram aproveitar o vento para apanhar favoritos desprevenidos.

Favoritos

⭐⭐⭐⭐⭐ Julian Alaphilippe                             
⭐⭐⭐⭐ Alejandro Valverde, Michael Matthews, Max Schachmann
⭐⭐⭐ Dan Martin, Michal Kwiatkowski, Jakob Fuglsang, Adam Yates
⭐⭐ Tim Wellens, Bjorg Lambrecht, Bauke Mollema, Romain Bardet
⭐ Jelle Vanendert,  Dylan Teuns, David Gaudu, Michael Woods, Davide Formolo

A nossa aposta: Julian Alaphilippe
Estava a realizar uma temporada brilhante até que Mathieu Van der Poel se atravessou no caminho do mosqueteiro e ofuscou o francês.
Depois da forma como perderam a Amstel Gold Race, Alaphilippe e a Deceuninck-QuickStep estão feridos, se já eram favoritos agora ainda são mais, a pressão é muita mas se há equipa que sabe lidar com ela é a equipa belga.

Outsider: Max Schachmann
Está a realizar um ano fantástico e na Amstel mostrou que está nas Ardenas para estar entre os primeiros. Foi 8º em 2018, este ano procura melhorar esse lugar e quem sabe se não dá para lutar pelo pódio.
A Bora-Hansgrohe apresenta um dos conjuntos mais forte com: Schachmann, Konrad, Formolo, McCarhty e Peter Sagan, o Mur d'Huy é demasiado duro para estes dois últimos.

Seguir em directo: @flechewallonne, #FlecheWallonne
(A partir das 13:30, hora de Portugal Continental)

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário