Volta ao Algarve 2017, Dumoulin melhor ciclista holandês, Miguel Ángel López espera regressar às corridas em Março

Pódio da Volta ao Algarve 2016
Volta ao Algarve anuncia a edição de 2017
A Volta ao Algarve para 2017 já foi anunciada. A 43º da prova terá lugar de 15 a 19 de Fevereiro e será de categoria 2.HC.
Tal como tem acontecido nos últimos anos, a prova contará com 5 etapas, 2 prováveis chegadas ao sprint, duas chegadas em alto e um contra-relógio individual. 

A próxima edição da algarvia será assim:
Etapa 1: Albufeira – Lagos
Etapa 2: Lagoa – Fóia (Monchique)
Etapa 3: Sagres – Sagres (ITT)
Etapa 4: Almodôvar – Tavira
Etapa 5: Loulé – Malhão (2,5 km at 9,4%).

Edição 2015: Classificação Geral (Top 10):
1 Geraint Thomas (GBr) Team Sky 18:34:15  
2 Jon Izaguirre Insausti (Spa) Movistar Team 0:00:19  
3 Alberto Contador Velasco (Spa) Tinkoff Team 0:00:26  
4 Thibaut Pinot (Fra) FDJ 0:00:32  
5 Primož Roglic (Slo) Team LottoNl-Jumbo 0:00:49  
6 Tony Gallopin (Fra) Lotto Soudal 0:00:50  
7 Ilnur Zakarin (Rus) Team Katusha 0:01:03  
8 Jarlinson Pantano Gomez (Col) IAM Cycling 0:01:04  
9 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team 0:01:25  
10 Manuel Antures Amaro (Por) La Aluminios/Antarte 0:01:27

Dumoulin melhor ciclista holandês
Tom Dumoulin foi nomeado o melhor ciclista masculino da Holanda. É o terceiro ano consecutivo que Dumoulin vence este prémio. 
Dumoulin "enfrentou" concorrência de qualidade, Wouter Poels, vencedor da Liège-Bastogne-Liège e Steven Kruijswijk 4º classificado do Giro d'Itália. Tom Dumoulin, por sua vez venceu duas etapas no Tour de França e uma no Giro d'Itália.
Em declarações ao De Telegraaf, Dumoulin disse: "Para mim houveram muitos momentos maravilhosos este ano. Tudo começou com a vitória no contra-relógio do Giro, mas a etapa rainha do Tour de França, que terminou em Arcalis, está acima disso. O mau tempo no final e o facto de ter sido considerada a melhor etapa da corrida fez com que fosse o ponto máximo da temporada para mim". 


Miguel Ángel López espera regressar às corridas em Março
Tal como já tínhamos falado aqui, Miguel Ángel López terá uma longa pausa por causa da lesão de que foi vítima enquanto treinava. Poderá ter quatro meses de paragem para recuperar a fractura na tíbia. O ciclista colombiano vê assim os seus planos para 2017 afectados mas terá ainda tempo para se recuperar para o Tour de França, prova na qual será líder de equipa juntamente com Fuglsang.
Em entrevista ao site Velo-Club du Net, o ciclista colombiano da Astana disse: "Depois do acidente senti-me um pouco triste mas acho que faz parte da vida de um ciclista. Agora eu tenho de me recuperar e pensar no futuro. Definitivamente isto afecta a minha preparação mas eu espero regressar às corridas em Março".


Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário