Giro d'Italia - Antevisão da 6ª etapa

A prova continua pelo sul de Itália em direção à costa leste. A etapa termina numa da vilas mais bonitas do sul, Matera.

Castrovillari - Matera, 189 Km



Etapa de 189 Km de extensão, com os primeiros 70 Km rompe-pernas, curiosamente nenhuma das subida é categorizada. Este terreno é ideal para a formação de uma fuga, no entanto, equipas como a Bora-Hansgrohe e Sunweb deverão controlar a diferença.
Depois desta fase, seguem-se 85 Km sem qualquer dificuldades e bastante rolantes, com zonas expostas e onde o vento pode provocar bordures.
Os últimos 35 Km são complicados, com a subida a Milotta (3ª categoria), as equipas de Sagan e Matthews devem endurecer a corrida de forma a eliminar os sprinters. Os últimos 5 Km são marcados por uma rampa a 10%, situada a 2,5 Km da linha de meta. O último quilómetro é em ligeira subida.



Sprints intermédios:
62.1 Km - San Severino Lucano 
135.1 Km - Craco-Peschiera (bonificação de tempo: 3", 2" e 1")

Subidas categorizadas:
162.3 Km - Millotta (4.7 @ 6.8%)

Condições meteorológicas

Dia sem chuva.
Temperatura vai a rondar os 20ºC.
O vento vai soprar forte de noroeste, ou seja lateral em quase toda a etapa. Na zona mais plana da etapa, pode provocar bordures.

Favoritos

Fuga?
Não apostamos no sucesso da figa. Bora-Hansgrohe, Sunweb e mesmo a Groupama-FDJ vão controlar a diferença da fuga.

Bora-Hansgrohe e Sunweb são a chave?
Sim. Sagan e Matthews vão querer uma corrida dura de forma a eliminar Démare, Gavíria e Ballerini. O ritmo na subida de Milotta vai ser alto.
Por outro lado, a UAE-Emirates deve apostar em Ulissi, já que dificilmente Gavíria aguenta num percurso como este.

⭐⭐⭐ Peter Sagan
⭐⭐ Diego Ulissi, Michael Matthews
⭐ Arnaud Démare, Davide Ballerini, Andre Vendrame

A nossa aposta: Peter Sagan
Já fez dois 2º lugares, está em melhor forma em relação ao Tour. A Bora-Hansgrohe voltará a endurecer a etapa a pensar no eslovaco.

Joker: Arnaud Démare
Apesar de considerarmos esta etapa um pouco dura para ele, a verdade é que o francês está em grande forma este ano. Se conseguir passar, então é o homem a bater no sprint.


Seguir em directo: #Giro2020, #Giro, #Giro103

Eurosport 2 (11:25)

Horário Portugal continental

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Publicar um comentário