Giro d'Italia - Antevisão da 20ª etapa

Última batalha na alta-montanha.

Alba - Sestriere, 198 Km



Os primeiros 80 Km são relativamente planos, sem grande interesse, servirão de aquecimento para a dança final dos escaladores neste Giro.
A primeira incursão a Sestriere é pela vertente de Pinerolo, oficialmente a subida começa mais à frente, mas na realidade os ciclistas começam a subir já em Pinerolo. São 50 Km a subir a 3,2% de inclinação média. A parte mais dura são os últimos 6 Km.
11 Km de descida até Cesana Torinese e a primeira ascensão por esta vertente, que se repetirá uma segunda vez depois de nova descida.

Sestriere
A subida por Cesana Torinese tem uma extensão de 11.4 Km a 5.9%. Não é propriamente uma super escalada, com 2 Km de subida, encontra-se a rampa mais dura com 9%.
A parte mais dura está entre os 7.5 e 11 Km de subida, com 7%. Os últimos 400 metros são planos.



Subidas categorizadas:
137.7 Km - Sestriere (2ª cat,  31.8 Km a 4.0%) 
163.3 Km - Sestriere (1ª cat,  6.9 Km a 7.2%) 
META - Sestriere (1ª cat,  6.9 Km a 7.2%)

Condições meteorológicas

Dia sem chuva.
Temperatura a rondar os 5ºC no topo de Sestriere.
Vento fraco.

Favoritos

Fuga
Depende do que pretende a Ineos. Para a Sunweb é bom que uma fuga tenha sucesso por causa das bonificações na meta. 
No entanto, a Ineos deverá querer endurecer a corrida, de forma a quebrar Kelderman. A Sunweb tem duas cartas para a geral, uma delas está de rosa e a outra tem 3 segundos de vantagem sobre Tao Hart e irá na roda da equipa britânica.
A grande questão é saber se Kelderman vai quebrar, a subida a Sestriere não é suficientemente dura para fazer diferenças gigantes, mas o holandês tem vindo a quebrar. Hindley apesar de ter 3 segundos de vantagem sobre Tao Hart, é muito curto por causa do crono, se Kelderman quebrar, o que fará o australiano? Atacará para ganhar tempo a Hart ou irá trabalhar para Kelderman de forma a limitar perdas.

E os outros?
Apenas Bilbao realisticamente tem hipóteses de chegar ao pódio, mas Sestriere não parece ser suficiente para o basco chegar já ao pódio. Se Hindley não abrir mais tempo para ele, então no contrarrelógio o pódio pode ser de Bilbao.

E João Almeida?
A subida final é boa para ele, não é demasiado longa, o problema é a fadiga acumulada.

⭐⭐⭐ Hindley, Tao Hart
⭐⭐ Kelderman, Bilbao
⭐ Almeida, Fuglsang, FUGA (O'Connor, Zakarin, De Gendt, Guerreiro)
 
A nossa aposta: Jai Hindley
É o melhor trepador em prova.

Joker: Ilnur Zakarin
Se entrar na fuga, é um sério candidato a ganhar a etapa. 


Seguir em directo: #Giro2020, #Giro, #Giro103

Eurosport 1 (12:15)
Horário Portugal continental

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Publicar um comentário