Giro d'Italia - Antevisão da 15ª etapa

Para finalizar a 2ª semana, temos uma verdadeira etapa de montanha com final numa subida lendária do Giro, Piancavallo.

Base Aerea Rivolto - Piancavallo, 185 Km



Etapa muito dura, com mais de 4300 m de subida acumulada. Os primeiros 50 Km são relativamente planos, depois começam as subidas, a primeira é o  Sella Chianzutan (10.6 Km @ 5.4%), muita constante, ideal para a formação da fuga do dia.
As descidas neste dia também são importantes, o inicio da segunda subida do dia  está aos 98 Km, é o Forcella di Monte Rest (7.4 Km @ 7.5%), mas antes ainda há uma subida não categorizada, o Forcella di Priuso, esta sequência é desgastante e com 14 etapas nas pernas o cansaço pode fazer vitimas.
Segue-se uma longa descida e cerca de 15 Km planos até ao inicio da 3ª ascensão do dia, Forcella di Pala Balzana (13.3 Km @ 4.4%), uma subida irregular mas relativamente fácil, não será aqui que o grupo de favoritos se desintegrará.
Entre o topo da penúltima subida e o inicio de Piancavallo são 27 Km de descida. A última subida é uma das mais complicadas daa prova, mais de 14 Km a 7.8% com os primeiros 6 Km a 9.4%, quem quiser diferença a sério será aqui. Os últimos 3 Km são mais suaves.



Sprints intermédios:
81.3 Km - Villa Santina
135.9 Km - Pofabbro (1', 2' e 3' de bonificação)

Subidas categorizadas:
65.1 Km - Sella Chianzutan: GPM2, 10.6 Km @ 5.4%
105.2 Km - Forcella di Monte Rest: GPM2, 7.4 Km @ 7.5%
143.4 Km - Forcella di Pala Balzana: GPM2, 13.3 Km @ 4.4%
FINAL - Piancavallo: GPM1, 14.5 Km @ 7.8%

Condições meteorológicas


Não se espera chuva.
Temperatura rondará os 16ºC nos vales e no topo das montanhas 8ºC.
O vento vai soprar fraco, não terá influência.

Favoritos

Fuga
Sim, a fuga tem hipóteses de sucesso. A Deceuninck-QuickStep não lhe interessa uma etapa rápida, a fuga só estará condenada se as outras equipas dos homens da geral decidirem ir para a frente do pelotão e endurecerem a corrida.

Existem muitos nomes para a fuga, aqui ficam alguns:
AG2R - Bouchard, Hanninen, Paret-Peintre or Vendrame
Androni - Pellaud
Bahrain - Tratnik, Padun
Bardiani - Carboni
Bora-Hansgrohe - Sagan, Fabbro
CCC - De la Parte, Valter
Cofidis - Hansen, Edet
EF - Guerreiro, Kangert
Lotto-Soudal - De Gendt, Hagen, Vanhoucke
Movistar - Rubio, Carretero, Cataldo, Vilella
Ineos - Ganna, Castroviejo, Swift, Dennis
Israel - Navarro
NTT - Meintjes, O'Connor
Sunweb - Hamilton
UAE - Ulissi, Conti, Bjerg
Vini Zabù - Visconti, Zardini


Luta pela Geral
A grande questão é se Almeida aguenta a maglia rosa, o luso entra num campo desconhecido, terceira semana e alta montanha. É provável que perca tempo, mas tentará minorizar perdas indo a ritmo e não respondendo a todos os ataques, a sua equipa tem estado impecável e pode ser uma ajuda importante.
Kelderman está em forma e a menos de 1 minuto, dos homens da geral pode esperar para depois do dia de descanso, mas pode aproveitar movimentos de outros.
Nibali, Majka, Fuglsang e Pozzovivo, terão de atacar já neste dia, o tempo perdido já é considerável e todos têm de começar a recuperar.
McNulty fez um grande contrarrelógio e está a subir de forma, não pode ser subestimado, a UAE sabe o que fazer para ter uma grande terceira semana.
Bilbao não esperamos grande coisa, fez um contrarrelógio péssimo para um campeão espanhol da especialidade.

⭐⭐⭐ Fuga, Majka
⭐⭐ Nibali, Fuglsang, Pozzovivo
⭐ Almeida, Kelderman, McNulty

A nossa aposta: Harm Vanhoucke
Muito complicado prever quem ganha através da fuga. A nossa aposta é em Vanhoucke, o jovem belga fez uma grande etapa no Etna e depois disso perdeu muito tempo, o que significa que tem liberdade para estar na fuga.

Joker: Rafal Majka
Surpreendeu no contrarrelógio, onde mostrou estar em grande forma. Está com um atraso considerável e tem de aproveitar o bom momento para recuperar terreno.


Seguir em directo: #Giro2020, #Giro, #Giro103

Eurosport 1 (08:45)

Horário Portugal continental

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Publicar um comentário