Giro d'Italia - Antevisão da 13ª etapa

O Giro continua para norte, desta vez chega a Veneto já com os Alpes em vista.

Cervia - Monselice, 192 Km


Etapa com 150 Km completamente planos, onde apenas o vento pode animar a corrida. Os últimos 40 Km conta com duas subidas, que podem fazer uma seleção. 
A primeira é o Roccolo, com 4.1 Km de extensão a 8.3%, com duas rampas em destaque, uma de 20% no inicio da subida e outra de 17% no final. Segue-se uma descida rápida e com término da mesma, começa a segunda subida, mais curta mas mais empinada, são 2.1 Km a 9.8%, o topo situa-se a 16 Km da meta.
A vitória de etapa poderá vir de um ataque nestas duas subida.




Sprints intermédios:
118.5 Km -  Rovigo
155.2 Km - Galzignano Terme (bonificação de tempo: 3", 2" e 1")

Subidas categorizadas:
162.5 Km - Roccolo (4ª cat. 4.1 Km @ 8.3%) 
176.1 Km - Calaone (4ª cat. 2.1 Km @ 9.8%) 

Condições meteorológicas


Probabilidade elevada de chuva até meio da etapa.
Temperatura irá variar, 13ºC a 15ºC.
O vento vai soprar moderado de norte na parte inicial, ou seja vento contra o que prejudica a fuga. À medida que o pelotão se afasta da costa, o vento soprará cada vez mais fraco.

Favoritos

Fuga
Tudo dependerá de duas equipas, Groupama-FDJ e Bora-Hansgrohe. Démare poderá não aguentar o final da etapa, por essa razão, parece-nos que a equipa francesa não vai perseguir.
Em relação à Bora-Hansgrohe, Sagan pode aguentar o final, embora as duas subidas são muito exigentes, o eslovaco terá de estar num dia muito bom para conseguir passar. Por essa razão acreditamos que a equipa alemã pode assumir a perseguição.
A UAE tem tido decisões táticas incompreensíveis, Ulissi tem um final bom para as suas características, veremos o comportamento da equipa árabe.

Existem muitos nomes para a fuga, aqui ficam alguns:
AG2R - Bouchard, Hanninen, Paret-Peintre or Vendrame
Androni - Pellaud
Bahrain - Tratnik, Padun
Bardiani - Carboni
Bora-Hansgrohe - Sagan, Fabbro
CCC - De la Parte, Valter
Cofidis - Hansen, Edet
EF - Guerreiro, Kangert
Lotto-Soudal - De Gendt, Hagen
Movistar - Rubio, Carretero, Cataldo, Vilella
Ineos - Ganna, Castroviejo, Swift, Dennis, Narvaez
Israel - Navarro, Dowsett
NTT - Meintjes, O'Connor
Sunweb - Hamilton
UAE - Ulissi, Conti, Bjerg
Vini Zabù - Visconti, Zardini

Luta pela Geral
As subidas são seletivas, é possível que vejamos ataques entre os favoritos.

⭐⭐⭐ Ulissi, Sagan
⭐⭐ Swift, Guerreiro, Felline, Visconti, Battaglin, Clarke
⭐ Almeida, Fuglsang, Hindley, Kelderman, Nibali, Ballerini

A nossa aposta: Peter Sagan
Está em boa forma e quer a maglia Ciclamino e esta é uma oportunidade de ouro de a roubar a Démare. As duas subidas talvez sejam demasiado duras para o eslovaco.

Joker: Jakob Fuglsang
Tem de recuperar tempo e as duas subidas são à sua medida. O dinamarquês tem uma oportunidade de ouro para tirar tempo aos adversários e quem sabe de ganhar a etapa também.


Seguir em directo: #Giro2020, #Giro, #Giro103

Eurosport 2 (11:25)

Horário Portugal continental

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Publicar um comentário