Giro d'Italia - Antevisão da 10ª etapa

A região de Abruzzo é o palco da etapa após o dia de folga. O mar Adriático será novamente uma das estrelas do dia.

Lanciano - Tortoreto, 177 Km



Lanciano serve de local de partida, os ciclistas dirigem-se para a costa, onde farão grande parte do percurso. Uma das excepções é na zona de Pescara, que é evitada, os corredores vão para o interior para Chieti onde sobem a 1ª subida categorizada do dia.
Até Tortoretto, pouco de interessante ocorre, o terreno é muito suave. Aos 120 Km de etapa, os ciclistas chegam a Tortoretto e vão percorrer a região num constante sobe e desce. Dos 133 aos 170 Km as subidas e descidas são consecutivas, olhando para o perfil parece um serrote.



Desta série de subidas, Colonnella é a mais dura com 3 Km a 8,6%, no entanto, ainda está relativamente longe da meta. A última ascensão do dia é em Tortoretto, quase 2 Km a 7,5%, o topo está a 11 Km da linha de meta.


Sprints intermédios:
110,1 Km -  Giulianova  
144 Km - Controguerra (bonificação de tempo: 3", 2" e 1")

Subidas categorizadas:
47,1 Km - Chieti (4ª cat. 1.4 Km @ 9.3%) 
120 Km - Tortoreto (4ª cat.  2.3 Km @ 8.2%)
138 Km - Colonnella (3ª cat.  3.0 Km @ 8.6%)
166 Km - Tortoreto (4ª cat. 1.9 Km @ 7.5%) 

Condições meteorológicas

Dia seco.
Temperaturas amenas.
Vento moderado de sudeste, ou seja, soprará a favor na parte mais exposta da etapa.

Favoritos

Fuga
Apostamos no sucesso da fuga.

AG2R - Bouchard, Hanninen
Androni - Pellaud
Bahrain - Tratnik, Padun
Bardiani - Carboni
Bora-Hasngrohe - Sagan
CCC - De la Parte, Valter
Cofidis - Hansen, Edet
EF - Guerreiro, Kangert, Clarke
Lotto-Soudal - De Gendt, Hagen, Holmes
Mitchelton - Haig
Movistar - Rubio, Carretero, Cataldo
Ineos - Ganna, Castroviejo, Narvaez
Israel - Navarro, Dowsett
NTT - Meintjes, O'Connor
Sunweb - Hamilton, Matthews
UAE - Ulissi, Conti
Vini Zabù - Visconti, Zardini

Luta pela Geral
Fuglsang nas últimas temporada é um dos melhores neste tipo de terreno, mas neste Giro parece ter um adversário que tem estado impressionante que é Kelderman.
Nibali, Majka, Bilbao, Vanhoucke, Pozzovivo, Kruijswijk e Almeida irão tentar não perder tempo, este não é o melhor terreno para eles.

⭐⭐⭐ Fuga
⭐⭐ Jakob Fuglsang, Wilco Kelderman,
⭐ Rafal Majka, Vincenzo Nibali, João Almeida

A nossa aposta: Jhonnatan Narvaez
O equatoriano está em boa forma e tem liberdade para ir para fuga. Neste terreno é um ciclista a ter em conta, é explosivo e ofensivo.

Joker: Wilco Kelderman
Dos homens da geral é aquele que tem mostrado estar mais forte. Andou bem no Etna e na subida explosiva de Roccaraso apenas Fuglsang foi capaz de o seguir.


Seguir em directo: #Giro2020, #Giro, #Giro103

Eurosport 2 (11:25)

Horário Portugal continental

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Publicar um comentário