Volta à França 2020 - Antevisão 18ª Etapa

Último dia de montanha antes do contrarrelógio do penúltimo dia. Um dia que não tem um final em alto, mas que tem mais de 4300 metros de subida acumulada.

  Méribel - La Roche-sur-Foron, 175 Km

Mapa
Perfil

Méribel é a cidade de partida e o terreno começa logo a empinar, o sprint intermédio fica aos 14 Km. A primeira subida do dia começa aos 27,5 Km, é o Cormet de Roselend, uma subida longa e muito irregular, com 18,6 Km a 6,1%. A fuga deverá se formar aqui.
Longa descida até Le Cernix que tem pelo meio uma pequena ascensão (Col du Méraillet), a segunda subida do dia começa de imediato, curta e não muito dura. O terreno não dá tréguas, constante subida e descida, sem zonas planas. 
A terceira subida do dia é o Col des Saisies, 14,6 Km a 6.4% com descida e nova subida categorizada seguida, o Col des Aravis com 6,7 Km a 7%. A parte decisiva da etapa aproxima-se, descida de 20 Km até L'Essert, onde começa a subida mais dura do dia, o Montée du plateau des Glières. Uma ascensão muito empinada, 6 Km a 11.2%, os números falam por si, quem quebrar aqui pode perder muito tempo.
O topo do Montée du plateau des Glières está colocado a mais de 30 Km da meta, pelo meio, há uma subida não categorizada, o Col de Fleuries (5,5 Km a 4,6%) que pode ter alguma influencia. Os últimos 10 Km são em descida.

Sprints intermédios:
14 Km - Aime

Subida categorizada: 
46 Km – Cormet de Roselend (18,6 Km @ 6,1%)

67.5 Km – Côte de la route des Villes (3,2 Km @ 6.6%)
91 Km – Col des Saisies (14,6 Km @ 6.4%)
117.5 Km – Col des Aravis (6,7 Km @ 7%)
143.5 Km – Montée du plateau des Glières – (6 Km @11.2%)


Condições meteorológicas

Algumas nuvens pela tarde, possibilidade baixa de chuva.
Temperatura vai a rondar os 22ºC.
O vento vai soprar fraco de norte.

Favoritos

Fuga?
A Jumbo-Visma é demasiado poderosa, como se viu na etapa anterior, onde a Bahrain-Merida tentou rebentar com o comboio amarelo e o resultado foi catastrófico para Mikel Landa.
Não há muitas equipas capazes de assumirem a corrida e por essa razão, este é um dia para uma fuga chegar.

⭐⭐⭐ Daniel Martinez, Richard Carapaz, Warren Barguil
⭐⭐ Emanuel Buchmann, Thibaut Pinot, Michal Kwiatkowski, Marc Hirschi, Hugh Carthy, Marc Soler, Pierre Rolland, Tiesj Benoot, Pavel Sivakov, Pello Bilbao 
⭐ Tadej Pogacar, Primoz Roglic, Miguel Angel Lopez

A nossa aposta: Richard Carapaz
Dois dias seguidos em fuga podem pesar nas pernas do equatoriano, mas ele é um fundista, está a subir de forma e por essas duas razões, estará certamente na fuga novamente. Volta a ser a nossa aposta.

Joker: Thibaut Pinot
Porque é que Pinot ainda está em prova? A única resposta é que ele ainda quer uma etapa e esta é uma das ultimas oportunidades para ele estar na fuga.
Assumimos que é uma aposta muito arriscada e com probabilidade baixa de acontecer.

Seguir em directo: #tdf2020, #letour, #tourdefrance, #tdf

 (a partir das 11:00)

(a partir das 14:25)

Horário Portugal continental


Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Publicar um comentário