Volta à França 2020 - Antevisão 19ª Etapa

Etapa de transição, que serve de aquecimento para a última batalha a sério entre os homens da geral no sábado.

 Bourg-en-Bresse - Champagnole, 166,5 Km

Mapa
Perfil
Dia com 166,5 Km por entre vinhedo, num sobe e desce constante.
Partida em Bourg-en-Bresse, uma cidade no sopé das Montanhas Jura., o pelotão segue para norte. Os primeiros Km são marcados por subidas e descidas curtas, sem grande dificuldades
A grande dificuldade do dia aparece aos 78 Km, é a Côte de Château-Chalon, não é muito exigente, mas marca uma mudança na dificuldade da etapa. Desde aqui, o terreno é um bocado mais ondulado, que está no limite do rompe-pernas. Não será de estranhar se a Bora-Hansgrohe aumentar o ritmo de forma a descolar Sam Bennett, na luta pela camisola verde.
O sprint intermédio está colocado aos 117,5 Km, no topo de uma subida não categorizada de 5 Km. 15 Km depois está o ponto mais elevado da etapa, aos 932 metros, Bief-des Maisons. A partir deste ponto, o terreno é menos exigente, com muita descida e pouca subida. 
O final em Champagnole, conhecida como a pérola da Jura, é numa reta de 1100 metros.
Últimos 5 Km
Sprints intermédios:
117,5 Km - Mournans

Subida categorizada: 
82 Km – Côte de de Châuteau-Chalon (4,3 Km @ 4,7%)

Condições meteorológicas

Algumas nuvens pela tarde, sem chuva.
Temperatura vai a rondar os 27ºC.
O vento vai soprar fraco de sudoeste.

Favoritos

Fuga?
Esta devia ser uma etapa para uma fuga, já que há muitas equipas que não conseguiram etapas e como é a última oportunidade, é expectável haverem muitos ataques. As forças também não são muitas e por isso as principais equipas querem um dia tranquilo.
No entanto, a batalha pela classificação por pontos que poderá impedir que uma fuga tenha sucesso. A Bora-Hansgrohe e Peter Sagan provavelmente vão endurecer a corrida de forma a descarregar Sam Bennett. Outra solução passa por Sagan ir para a fuga, não é de todo descabido esta hipótese também.

⭐⭐⭐ Wout Van Aert, Peter Sagan
⭐⭐  Caleb Ewan, Sam Bennett, Matteo Trentin
⭐ Thomas de Gendt, Soren Kragh Andersen, Tiesj Benoot, Max Schachmann, Greg Van Avermaet, Julian Alaphilippe, Sonny Colbrelli, Edvald Boasson Hagen, Bryan Coquard, Jasper Stuyven, Mads Pedersen

A nossa aposta: Wout Van Aert
Sobe, desce, rola e sprinta, basicamente sabe fazer tudo com muita competência. O percurso desta etapa assenta-lhe como uma luva, tanto poderá ganhar num sprint massivo como num grupo um pouco mais seleto.

Joker: Greg Van Avermaet
A CCC tem duas opções para este dia, Trentin e Greg Van Avermaet. A equipa procura sair do Tour da melhor forma, numa edição muito complicada para a equipa polaca.
Os dois são opções para a fuga.

Seguir em directo: #tdf2020, #letour, #tourdefrance, #tdf

 (a partir das 12:25)

(a partir das 14:30)

Horário Portugal continental


Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Publicar um comentário