Volta à França 2020 - Antevisão 14ª Etapa

Etapa de transição, com final numa das maiores cidades de França, Lyon.

 Clermont-Ferrand - Lyon, 189,5 Km

Mapa
Perfil
O pelotão continua seu caminho para os Alpes, deixando o Maciço Central para trás após a difícil etapa de sexta-feira.
Os primeiros Kmsão planos, a primeira subida do dia aparece aos 30 Km, a Côte du Château d'Aulteribe (1 Km a 8,4%) de 4ª categoria. Aos 38 Km aparece um dos momentos mais importantes do dia, o sprint intermediário em Courpière, a luta pela camisola verde ainda não está fechada. Pouco depois aparece o Col du Béal (10,2 Km a 5,6%), a fuga deverá consolidar-se neste ponto da etapa. Em seguida, a parece a Côte de Courreau (4 Km a 5,7%).
Descida longa, seguida de uma subida também ela longa e constante para Duerne, não é categorizada e nova longa descida.
Nos últimos quinze Km, há mais duas subidas  de 4ª categoria. Primeiro, a Côte de la Duchère (1,4 Km a 5,6%) e depois de passarem o rio Saône aparece a Côte de la Croix-Rousse (1,4 Km a 4,8%) o topo desta última fica a 4,5 Km da meta. A chegada a Lyon acontece nas margens do rio Ródano, numa longa reta com 6,5 metros de largura.

Sprints intermédios:
38 Km - Courpiere

Subida categorizada: 

32 Km - Côte du Château d’Aulteribe (1 Km @ 8,4%)
68,5 Km - Col du Béal (10,2 Km @ 5,6%)
93 Km - Côte de Courreau (4 Km @ 5,7%)
184,5 Km - Côte de la Duchère (1,4 Km @ 5,6%)
189,5 Km - Côte de la Croix-Rousse (1,4 Km @ 4,8%)

Condições meteorológicas

Dia solarengo.
Temperatura a rondar os 29ºC.
O vento vai soprar moderado de norte, ou seja, vento lateral na maior parte da etapa.

Favoritos

Fuga?
É um dia perfeito para uma fuga e não será de estranhar se homens como Sagan ou Trentin estejam nela. A Jumbo-Visma não se importará com o sucesso de uma fuga, a prioridade é proteger Roglic e por essa razão, não damos 3 estrelas a Wout Van Aert.

⭐⭐⭐ Peter Sagan
⭐⭐ Wout Van Aert, Matteo Trentin
⭐ Sam Bennett, Greg Van Avermaet, Kasper Asgreen, Jasper Stuyven, Oliver Naesen, Søren Kragh Andersen

A nossa aposta: Peter Sagan
Ainda quer ganhar a camisola verde e para isso terá de ganhar pontos a Bennett. Neste momento a a única solução para Sagan é conseguir arrecadar os pontos nos sprints intermédios e da etapa.
Está a melhorar fisicamente. Veremos se Sagan tentará ir para a fuga ou a equipa opta por controlar a corrida no pelotão de forma a descarregar Bennett nas subidas.

Joker: Søren Kragh Andersen
A Sunweb tem estado muito bem neste Tour, para uma equipa que chegou à prova sem grandes aspirações. O dinamarquês tem tentado e com este perfil de etapa, deverá voltar à carga.


Seguir em directo: #tdf2020, #letour, #tourdefrance, #tdf

 (a partir das 11:20)

(a partir das 14:30)

Horário Portugal continental


Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Publicar um comentário