Milão-Turim (1.HC) - Antevisão



Foi em 1876, que um estudante de engenharia de seu nome Paolo Magretti e mais 7 colegas pelas 4 da manhã partiam de Milão em direcção a Torino, chegariam ao final da tarde desse dia, com o aspirante a engenheiro, Magretti a vencer a prova. Foram percorridos cerca de 150 Km em 11 horas e 15 minutos, o que dá uma média de 13,3 Km/h. Apenas metade dos concorrentes terminaram a prova.
Hoje em dia é mais vista como uma preparação para o último monumento da temporada, o Giro da Lombardia, este ano será para a Milão São Remo devido à  nova calendarização. 
No entanto, a tradição e história desta clássica não pode ser ignorada e muitos dos melhores corredores do pelotão internacional comparecem. Nos últimos anos a prova ganhou uma nova vida e está a voltar a ter a relevância de outros tempos.

História

últimos 10 vencedores
2006 Igor Astarloa (ESP) Barloworld
2007 Danilo Di Luca (ITA) Liquigas
2012 Alberto Contador (ESP) Saxo Bank-Tinkoff Bank
2013 Diego Ulissi (ITA) Lampre-Merida
2014 Giampaolo Caruso (ITA) Team Katusha
2015 Diego Rosa (ITA) Astana Pro Team
2016 Miguel Angel Lopez (COL) Astana Pro Team
2017 Rigoberto Uran (COL) Cannondale-Drapa
2018 Thibaut Pinot (FRA) Groupama-FDJ
2019  Michael Woods (CAN) EF Education First



Percurso

Mesero-Stupinigi, 198 Km




A prova não sai exactamente de Milão, este ano parte de Mesero, uma pequena localidade situada a Oeste da capital lombarda. Ao contrário do habitual, a prova optou por este ano ter um percurso completamente plano, para que servisse de preparação para a Milão-São Remo.
Não há muito para dizer, percurso sem qualquer dificuldade, apenas as condições atmosféricas poderão tornar a corrida imprevisível.

Startlist


Condições meteorológicas

Dia solarengo, temperatura a rondar os 28ºC e o vento irá soprar fraco. A meteorologia não será um factor relevante.

Favoritos

⭐⭐⭐⭐⭐ Caleb Ewan
⭐⭐⭐⭐ Fernando Gavíria, Sam Bennett
⭐⭐⭐ Mathieu Van der Poel, Peter Sagan
⭐⭐ Alexander Kristoff, Nacer Bouhanni, Arnaud Demare
⭐ Oliver Naesen, Wout Van Aert, Jakub Marezcko, Alex Aranburu

A nossa aposta: Caleb Ewan
Esta será a corrida de estreia de Ewan pós-recomeço da temporada. Conta com um dos comboios de sprint mais forte e eficiente, o que lhe dá vantagem sobre a maioria dos adversários.
O australiano como a maioria dos presentes têm como objetivo principal a Milão-São Remo, que se realiza no próximo sábado e hoje será um teste importante para perceber em que ponto de forma estão.

Outsider: Peter Sagan
Esteve presente na Strade Bianche, mas é como não tivesse estado. O eslovaco prepara a Milão-São Remo e este será o teste definitivo para perceber como estão as pernas.
A probabilidade de terminar ao sprint é enorme e nesse caso, acreditamos que Sagan irá envolver-se nele e por essa razão.


Seguir em directo: #MilanoTorino, @MiTo1876
 (a partir das 16h, hora de Portugal Continental)

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Publicar um comentário