Giro 2019 - Antevisão 18ª Etapa

A 18ª etapa é um dia de treguas entre os homens da geral, na última oportunidade para os velocistas nesta edição. A maglia Ciclamino ficará decidida neste dia.

Mapa da 18ª etapa
Perfil da 18ª etapa
Etapa longa, são 222 Km de extensão, mas sem dificuldades de maior destaque. É um dia para os sprinters brilharem, mas depende muito da vontade das equipas deles.
A Groupama-FDJ não estará interessada em perseguir, já que arrisca a vitória de Arnaud Démare na classificação dos pontos, caso Pascal Ackermann ganhe a etapa. A Bora-Hansgrohe pelo contrário, deverá assumir o controlo do pelotão para garantir uma disputa ao sprint.
Os primeiros 30 Km são em ligeira subida, depois uma longa descida até aos 108 Km, onde aparece a grande dificuldado do dia, o Pieve di Alpago, que não deve fazer grande mossa.Depois até final o terreno é praticamente plano.
A chegada tem uma curva de 90º a quase 2 Km, a reta da meta é longa e perfeita para um bom lançamento.

Últimos 3 quilómetos da etapa



Cidade de partida: Valdaora

A aldeia de Valdaora é adequada para toda a gente, pois oferece inúmeras formas de desfrutar do tempo em família. Por lá, esperam aventuras incríveis e alojamento onde poderão encontrar tudo o que necessitam, para pequenos e graúdos. Valdaora espera por si ao pé da melhor área de esqui dos Alpes, o Plan de Corones, com seus 119 quilómetros de pistas.

Cidade de chegada: Santa Maria di Sala
Villa Farsetti - Santa Maria di Sala
Sant Maria di Sala é uma cidade com cerca de 18.000 habitantes a poucos quilómetros de Veneza e da cidade de Pádua. Grande parte do território municipal está localizada em uma das muitas centurias romanas, que nos remonta até a época de Augusto (século I aC - século I dC). Entre os monumentos mais bem preservados, encontramos a aldeia Farsetti. A villa, construída em meados de 700, leva o nome da comissão do abade Filippo Farsetti com o projeto do arquiteto de Siena Paolo Posi. Centro cultural e local de exposições, a estrutura hospeda por ocasião da 102ª do Giro d'Itália, o Quartiertappa, quartel-general da prova.

Condições meteorológicas

Dia sem chuva, as temperaturas serão mais agradáveis em relação aos últimos 2 dias (rondarão os 19ºC) e o vento vai soprar fraco.

Favoritos

⭐⭐⭐ Pascal Ackermann, Arnaud Démare
⭐⭐ Simone Consonni, Manuel Belletti, Davide Cimolai, Ryan Gibbons
⭐ Fuga

A nossa aposta: Pascal Ackermann

A Bora-Hansgrohe tem de controlar o pelotão para que Pascal Ackermann consiga um dos grandes objetivos, a maglia Ciclamino. Por essa razão acreditamos que a etapa acabe num sprint.
O alemão já venceu duas etapas, foi o melhor velocista da 1ª semana e na 2ª semana foi vitima de uma queda violenta. Já deve estar recuperado e por isso apostamos nele.

Joker: Fuga
Se a Bora-Hansgrohe não conseguir controlar a fuga, pode acontecer porque as forças de todos estão no limite, a fuga tem enormes probabilidade de sucesso.
Neste terreno, há uma infinidade de nomes que podem ganhar a partir de uma fuga.

Seguir em directo: #Giro102, #Giro, @giroditalia
(a partir das 12:10, hora de Portugal Continental)

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário