Giro 2019 - Antevisão 15ª Etapa

Depois de dois dias brutais, a organização decidiu replicar o Giro da Lombardia e para isso criou um percurso de 232 Km com o seguinte menu: Madonna del Ghisallo, Colma di Sormano, Civiglio, San Fermo e chegada a Como.

O Giro da Lombardia chega ao Giro d'Italia ao 15º dia e promete moer e muito as pernas fatigadas. Os primeiros 160 Km não são de grande dificuldade, servirão para que uma fuga se forme e ganhe uma vantagem interessante.
Os últimos 70 Km são duros, a primeira dificuldade é uma das subidas clássicas da Lombardia, Madonna del Ghisallo (2ª Cat., 8.6 Km a 5.6%), depois de uma curta descida aparece mais um clássico do 5º monumento, Colma di Sormano (2ª Cat., 9.6 Km a 6.6%), esta é mais conhecida pelo Muro di Sormano, que não será utilizado neste percurso. 
Nova descida, seguidos de 16 Km planos até à última subida, Civiglio (3ª Cat., 4.2 Km a 9.6%). O topo está situado a 9 Km da meta, segue-se uma descida até Como, os últimos 3500 metros são planos.

Subidas
Últimos 6 Km

Cidade de partida: Ivrea

Ivrea localiza-se ao longo da rota da Vie Francigena e Romea, hoje um destino turístico lento, é atravessado pelo rio Dora Baltea, muito cobiçado pelos amantes da canoagem. Uma viagem a Ivrea é uma oportunidade para mergulhar num fascinante contexto naturalista e cultural. Identificável com o castelo Savoy pelas "torres vermelhas", é famoso pelo Carnaval Histórico com a "Batalha das Laranjas" e foi recentemente incluído na lista de Património Mundial da UNESCO "Ivrea, cidade industrial do século 20" graças à história da Olivetti que pode descobrir ao visitar o museu ao ar livre.

Cidade de chegada: Como


Como é a capital histórica, cultural, política e geográfica de uma vasta região. Tem uma população de cerca de 85.000 habitantes. As suas origens remontam ao primeiro século aC, quando os romanos fundaram a Novum Comum. A cidade preserva relíquias, palácios e monumentos do seu passado ilustre, o que a tornam uma cidade de arte por si só. É também conhecida pela sua vivacidade comercial, com lojas elegantes nas ruas históricas. É conhecida mundialmente pela produção tradicional de seda e como um destino popular para o jet set internacional.

Condições meteorológicas

Probabilidade moderada de chuva, temperatura amena e o vento vai soprar fraco.

Favoritos

⭐⭐⭐ Fuga (Bilbao, Brambilla, Jungels, Dunbar, Cattaneo, Masnada, De Gendt, Vuillermoz, Madouas, Formolo...)
⭐⭐Primoz Roglic, Vincenzo Nibali
⭐ Richard Carapaz, Simon Yates, Pavel Sivakov, Rafal Majka, Miguel Angel Lopez

A nossa aposta: Fuga
Dia ideal para a fuga, com a Movistar de rosa, os espanhóis deverão deixar um grupo com ciclistas longe da geral fugir e disputar a etapa. No entanto, se houverem equipas não representadas na fuga , é bem provável que assumam a frente do pelotão nos últimos 70 Km.

Joker: Simon Yates
Começou o Colle San Carlo a ficar para trás às primeiras acelerações, mas mostrou frieza e foi no seu ritmo. Na subida final conseguiu colar no grupo principal, acabaria mesmo por atacar e ganhar uns segundos a todos, exceto Carapaz.
A etapa assenta-lhe bem e a condição física parece estar a melhorar, depois de dias complicados.

Seguir em directo: #Giro102, #Giro, @giroditalia

(a partir das 12:05, hora de Portugal Continental)

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário