Gran Premio Miguel Indurain (1.1) - Antevisão



Este sábado disputa-se a 21ª edição do Grande Prémio que celebra um dos melhores ciclistas espanhóis da história, Miguel Indurain.
Antes de ser o GP Miguel Indurain, esta corrida teve outros nomes, sendo o último, o Trofeo Comunidad foral de Navarra. Alguns nomes notáveis já figuram nos vencedores, Alejandro Valverde (2014), Samuel Sanchez (2011), Joaquim Rodriguez  (2010) e Stefano Garzelli (1999) são alguns deles.
Destaque para a presença de três equipas portuguesas na edição deste ano, W52-FC Porto, Vito-Feirense-PNB e Radio Popular-Boavista.

História

últimos 10 vencedores
2009 David De La Fuente (ESP) Fuji-Servetto
2010 Joaquim Rodríguez (ESP) Team Katusha
2011  Samuel Sánchez (ESP) Euskaltel–Euskadi
2012 Daniel Moreno (ESP) Team Katusha
2013 Simon Špilak (SLO) Team Katusha
2014 Alejandro Valverde (ESP) Movistar Team
2015 Ángel Vicioso (ESP) Team Katusha
2016 Jon Izagirre Insausti (ESP) Movistar Team
2017 Simon Yates (GBR) Orica-Scott 
2018 Alejandro Valverde (SPA) Movistar Team

Edição 2018 (Top-10)
1    Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team    4:41:18    
2    Carlos Verona (Spa) Mitchelton Scott    0:00:20    
3    Nicholas Schultz (Aus) Caja Rural - Seguros Rga    0:01:04    
4    Eduard Prades (Spa) Euskadi Basque Country -    0:01:16    
5    Carlos Betancur (Col) Movistar Team         
6    Marc Soler (Spa) Movistar Team    0:01:19    
7    Ilnur Zakarin (Rus) Team Katusha Alpecin    0:01:30    
8    Lilian Calmejane (Fra) Direct Energie    0:01:43    
9    Simon Spilak (Slo) Team Katusha Alpecin         
10    Dmitrii Strakhov (Rus) Lokosphinx    0:02:03

Percurso

Estella › Estella (189,1 Km)

O percurso pouco tem variado ao longo das edições, desde a edição do ano passado que a meta não está na Basilica de Nossa Senhora de Puy. Os primeiros 110 quilómetros,não sendo completamente planos, não têm grandes dificuldades. A partir daqui aparecem as dificuldades que decidirão a corrida, com três contagens de montanha categorizadas, a última tem o topo a 10 quilómetros da meta. No entanto entre essa e a linha de meta ainda há dois 'muros', o Alto de Muru e o Alto Ibarra que  tem o topo a pouco mais de 2000 metros da linha de chegada em Estella.


Sprints intermédios:
- Viana (454 m, Km 35.0),
- Circuito de Navarra (442 m, Km 66.9),
- Arroniz (547 m, Km 81.1),
- Meta (425 m, Km 103.9),
- Meta (425 m, Km 167.1).

Subidas categorizadas:
- Alto Guirguillano (1ª Cat., 712 m, 2.7 Km @ 5.9%, Km 129.3),
- Alto de Lezaun (2ª Cat., 773 m, 4.6 Km @ 4.7%, Km 148.3),
- Alto de Eraul (2ª Cat., 649 m, 4.0 Km @ 5.4%, Km 185.3).

Startlist

Aqui

Condições meteorológicas


Muitas nuvens, mas sem chuva, só aparecerá para o final da tarde já depois da prova. A temperatura andará pelos 20 ºC e o vento vai soprar moderado a forte de Oeste, é um fator a ter em conta.

Favoritos

Três equipas portuguesas estarão presentes, aqui fica um pouco do que podem fazer na prova.

W52-FC Porto-Mestre da Cor
Um excelente conjunto que a portista apresenta, com a grande figura do pelotão nacional em 2019 a estar presente, falamos de João Rodrigues. A ambição passa por colocar alguém no top-10.
Dorsais:
61 Rui Vinhas,
62 Edgar Pinto 
63 Joao Rodrigues
64 Tiago Ferreira
65 Joaquim Silva
66 Francisco Campos
67 Jorge Magalhães

Vito-Feirense-PNB
O objetivo passa por mostrar os patrocinadores com presença na fuga. O alinhamento é um misto entre juventude e experiência.
142 João Leite
143 Jesus Del Pino
144 Oscar Pelegrí
145 João Barbosa
146 Pedro Andrade
147 Filipe Cardoso

Rádio Popular Boavista
Equipa sem grandes ambições. Possivelmente vão tentar colocar alguém na fuga para mostrar a camisola. O percurso é demasiado duro para Luis Mendonça, que quem se tem destacado mais na equipa boavisteira neste inicio de temporada.
Dorsais:
171 João Salgado
172 Antonio Gomez de la Torre
173 Pablo Guerrero
174 Luis Gomes
175 Luis Mendonça
176 David Rodrigues
177 Hugo Nunes


⭐⭐⭐⭐⭐ Ion Izagirre
⭐⭐⭐⭐ Luis Leon Sanchez, Nairo Quintana, Sergio Higuita
⭐⭐⭐ Gorka Izagirre, Omar Fraile, Mikel Landa, Tadej Pogacar, Lucas Hamilton
⭐⭐ Sergio Henao, Nicolas Schultz, Jesus Herrada, Nicolas Edet, Joao Rodrigues
⭐ Eduard Prades, Carlos Verona, Oscar Rodriguez, Merhawi Kudus

A nossa aposta: Ion Izagirre
A equipa no papel mais forte é a Astana, com diversas cartas para jogar. Ion Izagirre já venceu esta prova por uma vez, a edição de 2016.
O basco começou bem o ano, o GP Miguel Indurain serve de preparação para a prova de casa, a Itzulia que começa na próxima 2ª feira, por isso a sua condição física deve ser ótima.

Outsider: Sergio Higuita
Grande 2019 que o jovem colombiano está a realizar, que já lhe rendeu a ida para o World Tour ainda este ano. 
Além de ser um trepador, Higuita é também um ciclista capaz de finalizar bem em grupos seletivos. Este percurso adapta-se perfeitamente às suas características, pelo o ano que está a realizar, tem de ser considerado um dos favoritos.

Seguir em directo: @CCEstella#GPMI, #GPIndurain 

(a partir das 14:30, hora de Portugal Continental)

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário