GP Industria & Artigianato (1.HC) - Antevisão


O fim de semana em Itália é claramente marcado pela Strade Bianche, porém no dia a seguir à prova toscana também se realiza outra bela e bem mais antiga corrida de ciclismo, na região de Larciano, o GP Industria & Artigianato di Larciano. 
Nascida em 1967, a prova já teve 41 edições. Alguns dos maiores nomes do ciclismo italiano estão na lista de vencedores, entre eles, Vincenzo Nibali, Michele Bartoli, Felice Gimondi e Francesco Moser. Curiosamente os últimos vencedores não são italianos, o último transalpino a ganhar foi Santambrogio em 2013.

História

últimos 10 vencedores
2008 Eddy Ratti (ITA) Nippo-Endeka
2009 Daniele Callegarin (ITA) Centri della Calzatura
2010 Daniele Ratto (ITA) Carmiooro NGC
2011 Ángel Vicioso (ESP) Androni Giocattoli
2012 Filippo Pozzato (ITA) Farnese Vini–Selle Italia
2013 Mauro Santambrogio (ITA) Vini Fantini–Selle Italia
2014 Adam Yates (GBR) Orica–GreenEDGE
2016 Simon Clarke (AUS) Cannondale 
2017 Adam Yates (GBR) Orica-Scott
2018 Matej Mohoric (SLO) Bahrain-Merida

Edição 2018 (Top-10)
1    Matej Mohoric (Slo) Bahrain-Merida    4:39:23   
2    Marco Canola (Ita) Nippo-Vini Fantini-Europa Ovini    0:00:03   
3    Davide Ballerini (Ita) Androni Giocattoli-Sidermec    0:00:11   
4    Sean De Bie (Bel) Veranda's Willems Crelan        
5    Mauro Finetto (Ita) Delko Marseille Provence KTM        
6    Giovanni Visconti (Ita) Bahrain-Merida        
7    Krists Neilands (Lat) Israel Cycling Academy        
8    Daryl Impey (RSA) Mitchelton-Scott        
9    Francesco Gavazzi (Ita) Androni Giocattoli-Sidermec        
10    German Nicolas Tivani Perez (Arg) Trevigiani Phonix-Hemus 1896

Percurso

Larciano > Larciano, 199,2 Km

O percurso adequa-se a ciclistas que sobem relativamente bem, mas que também tenham uma boa ponta final. Está dividido em 3 partes, uma primeira com 22 quilómetros, até chegarem ao primeiro circuito, que curiosamente também tem 22 quilómetros de extensão, sem grandes dificuldades, serão quatro voltas. Depois e por fim há o circuito final, com 27 quilómetros, com uma dificuldade que é a ascensão a San Baroto (10 Km a 3%). A subida não é muito dura, mas porque será ultrapassado por 4 vezes, o desgaste irá fazer-se sentir nos ciclistas.

Startlist

Aqui

Condições atmosféricas


Dia nublado em Larciano, com probabilçidade baixa de chuva. A temperatura ronda os 15ºC e o vento sopra fraco de Oeste/Sudoeste.

Favoritos

⭐⭐⭐⭐⭐ Giovanni Visconti
⭐⭐⭐⭐ Marco Canola, Simon Clarke, Thibaut Pinot, David Gaudu
⭐⭐⭐ Eduard Prades, Maximilian Schachmann, Ben Hermans
⭐⭐ Michael Albasini, Richard Carapaz, Simone Velasco, Enrico Battaglin
⭐ Matteo Busato, Juan Jose Lobato, Davide Villella, Anthony Roux

A nossa aposta: Giovanni Visconti
Outsider: Simon Clarke

Seguir em directo: @GpLarciano#GpLarciano

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário