Vuelta a España 2018 - Antevisão 3ª etapa

A prova continua pela Andaluzia, num dia que se espera ser mais calmo em relação aos homens da geral.

Mapa
Perfil
Últimos 5 Km
De Mijas os corredores seguem para Marbella em direção ao Puerto del Madroñ, uma subida de 1ª categoria, com mais de 23 quilómetros de extensão a 4.4% de inclinação média. Passada a contagem de montanha, os ciclistas descem até a uma das vilas mais conhecidas da Andaluzia, Ronda e começam a subir a segunda subida do dia, o Puerto del Viento, de 3ª categoria.
Depois nova descida e segue-se uma subida não categorizada e termina a parte mais difícil da etapa. Os últimos 70 quilómetros são marcados pelas descidas e por zonas em falso plano. 
A parte final da etapa é caracterizada pelas rotundas, em termos de perfil a chegada é completamente plana, ideal para os velocistas, resta saber se eles conseguirão passar as dificuldades dos primeiros 100 quilómetros.

Sprint intermédio: 
Mijas Pueblo (466 m, Km 152.9).

Subidas categorizadas: 
- Puerto del Madroño (1ª Cat., 1061 m, 23.5 Km a 4.4%, Km 46.1),
- Puerto del Viento (3ª Cat., 1063 m, 6.4 Km a 4.3%, Km 85.5).

Zona de abastecimento:
- El Burgo (560 m, Km 99.2).

Cidade de partida: Mijas

Vista sobre Mijas
A Vuelta contínua pela Andaluzia e pela província de Málaga. Mijas é um pequeno município, situado na encosta da Serra de Mijas.
Um dos dados mais curiosos é que dos cerca de 69 mil habitantes a maioria é estrangeiro, vivem mais pessoas de fora que locais e espanhóis. Uma das razões são os 16 quilómetros de costa, tornando esta zona muito atrativa para as pessoas do norte da Europa se estabelecerem, nomeadamente os reformados.

Cidade de chegada: Alhaurín de la Torre

A torre de Alhaurin, o símbolo da cidade
Alhaurin de la Torre é um município na província de Málaga, na Andaluzia. Tem cerca de 37 mil habitantes e é conhecida pela sua Torre que é o símbolo por excelência da cidade, tanto é assim, que o próprio nome faz menção à famosa torre.
Como muitas das zonas da Andaluzia Alhaurin de la Torre também tem influências árabes, neste caso, Alhaurin é uma palavra que descende do árabe e que muitos afirmam que significa jardim de Alá.

Condições meteorológicas

Dia com muito Sol, a temperatura rondará os 30ºC durante toda a etapa e o vento soprará fraco a moderado de Este.

Favoritos

⭐⭐⭐ Elia Viviani
⭐⭐ Matteo Trentin, Peter Sagan
⭐ Nacer Bouhanni, Giacomo Nizzolo, Ryan Gibbons, Danny Van Poppel, MaxWalscheid

A nossa aposta: Elia Viviani
A grande questão em relação a Viviani, é se ele aguenta a primeira parte da etapa. Se conseguir, então com este tipo de final é o principal favorito.
É o ciclista do World Tour mais vitorioso, este ano deu um salto qualitativo e afirmou-se definitivamente como um dos melhores sprinters do mundo.

Outsider: Peter Sagan

Se estivesse bem, era um candidato a ganhar. Mas ainda sofre as consequências da queda no Tour e o seu estado físico ainda é uma incógnita.
No entanto, acreditamos que se estiver no pelotão, irá ao sprint e com Sagan nunca se sabe.

Diferenças entre os candidatos da geral:
1. Michal Kwiatkowski (Team Sky)
2. Alejandro Valverde (Movistar Team) a 14″
3. Wilco Kelderman (Sunweb) a 25″
5. Ion Izagirre (Bahrain-Merida) a 30″
7. Emmanuel Buchmann (Bora-hansgrohe) a 32″
9. Nairo Quintana (Movistar Team) a 33″
11. Steven Kruijswijk (LottoNL-Jumbo) a 37″
12. Simon Yates (Mitchelton-Scott) a 37″
16. Thibaut Pinot (Groupama-FDJ) a 43″
18. George Bennett (LottoNL-Jumbo) a 45″
19. Fabio Aru (UAE Team Emirates) a 47″
20. Rigoberto Urán (EF-Drapac) a 48″
25. David de la Cruz (Team Sky) a 53″
26. Miguel Ángel López (Astana) a 54″
29. Davide Formolo (Bora-hansgrohe) a 56″
38. Ilnur Zakarin (Katusha-Alpecin) a 1:31″

Seguir em directo: #LV2018 #laVuelta #Vuelta2018 #laVuelta2018
(a partir das 14:00, hora de Portugal Continental)
  (a partir das 15:00, hora de Portugal Continental)


Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário