Chris Froome ilibado das acusações de doping

Chris Froome (Foto: Tim de Waele/TDWSport.com)
Um dia se passou após a decisão da ASO de afastar Froome do Tour, mas as novidades sobre este caso não param.
A UCI acabou de anunciar que encerrou o caso contra Chris Froome, tendo ilibado o ciclista de qualquer acusação.

A Agência Mundial Antidopagem (AMA) aceitou que os resultados da amostra do ciclista da Sky, que acusou um alto nível de salbutamol, não constituiu uma descoberta analítica adversa, pode ler-se no comunicado da UCI.

"A UCI analisou detalhadamente todas as evidências relevantes (consultando os seus próprios especialistas e especialistas da AMA). Em 28 de junho de 2018, AMA informou a UCI que aceitaria, com base nos fatos específicos do caso, que os resultados da amostra de Froome não constituíssem AAF (resultado analítico adverso).
“Embora a UCI tivesse, obviamente, preferido que o processo tivesse tido termo no início da temporada, tinha de garantir que Froome tivesse um processo justo, como teria feito com qualquer outro corredor, e que a decisão correta fosse tomada. Tendo recebido a posição da AMA em 28 de junho de 2018, a UCI preparou e emitiu a decisão formal fundamentada o mais rapidamente possível”.
“A UCI entende que haverá uma discussão significativa sobre essa decisão, mas quer tranquilizar todos os envolvidos e interessados no ciclismo que esta decisão é suportada em opiniões de peritos, por conselhos da AMA e uma avaliação completa dos factos do caso. A UCI espera que o mundo do ciclismo possa agora focar-se e aproveitar as próximas corridas do calendário”.

Fonte: http://www.uci.ch/pressreleases/uci-statement-anti-doping-proceedings-involving-christopher-froome/

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário