Giro 2018 - Antevisão 12ª Etapa

Mais um dia que no papel parece fácil, mas como estamos no Giro, cada dia é diferente e imprevisível.



Dia longo, com 214 quilómetros, com uma parte significativa a ser percorrida junto à costa do Mar Adriático, onde percorrem o famoso caminho romano, Via Emilia.
A parte final tem a única contagem de montanha do dia, de 4ª categoria, com 4,4 quilómetros a 4,2 %! Esta pequena subida vai ser o desafio principal para os sprints.
Em principio será um dia sem problemas para os homens da geral.
Sprints intermédios: 
- Pesaro (5 m, Km 76.3),
- Forlì (28 m, Km 163.3).

Subidas categorizadas:
- Tre Monti (4ªCat., 238 m, 5.1 Km a 3.7%, Km 207.4).

Zona de abastecimento:
- Miramare (7 m, Km 106.0).

Cidade de partida: Osimo


Cidade italiana da região das Marcas, província de Ancona. O centro histórico está localizado em duas colinas próximas umas das outras, a mais alta das quais, localiza-se o Duomo, que dá pelo nome de Gòmero. No século III aC decidiram tornar o Duomo ainda mais grandioso e imponente.

Local de chegada: Imola (Autódromo Enzo e Dino Ferrari)


O Autódromo Internacional Enzo e Dino Ferrari é um circuito próximo à cidade italiana de Ímola, a cerca de 40 km a leste de Bolonha.
Este Autódromo foi palco de provas de Fórmula 1, entre os anos de 1980 até 2006. Em 1980 sediou como Grande Prémio da Itália e, a partir daí, passou a designar-se como Grande Prémio de San Marino.
O circuito deve o nome a Enzo Ferrari o lendário fundador da marca italiana (Ferrari) e ao seu filho Alfredino Ferrari, mais conhecido por Dino.

Condições meteorológicas

Há a possibilidade de chuva. A temperatura rondará os 20ºC e o vento vai soprar fraco.

Favoritos

*** Elia Viviani, Sam Bennett
** Sacha Modolo, Danny Van Poppel
* Manuel Belletti, Jens Debusschere, Niccolo Bonifazio, Jempy Drucker

A nossa aposta: Elia Viviani
Se o final for em pelotão compacto, que é o mais provável, o italiano é o grande favorito. Já venceu duas das três etapas ao sprint e a procura mais.
Tem a equipa mais forte para este terreno e final.

Outsider: Sacha Modolo
O italiano é um dos principais sprinters que ainda restam em prova e ainda não venceu.
Está à procura de uma vitória de etapa e com  a perda de tempo de Woods, a sua equipa ainda depende mais das vitórias de etapas, para salvar a prestação no Giro.

Diferenças entre os principais candidatos à geral:
1. Simon Yates (Mitchelton-Scott)
2. Tom Dumoulin (Team Sunweb) a 47″
3. Thibaut Pinot (Groupama-FDJ) a 1’04″
4. Domenico Pozzovivo (Bahrain-Merida) a 1’18″
5. Richard Carapaz (Movistar Team) a 1’56”
6. George Bennett (LottoNL-Jumbo) a 2’09″
7. Rohan Dennis (BMC) a 2’36”
8. Pello Bilbao (Astana) a 2’54”
9. Patrick Konrad (Bora-Hansgrohe) a 2’55″
10. Fabio Aru (UAE Team Emirates) a 3’10″
11. Miguel Ángel López (Astana) a 3’17″
12. Chris Froome (Team Sky) a 3’20″
13. Ben O'Connor (Dimension-Data) a 3’25''
14. Carlos Betancur (Movistar Team) a 3’29″
15. Sam Oomen (Team Sunweb) a 3’40”
16. Michael Woods (EF-Drapac) a 3’43”
18. Alexandre Geniez (AG2R La Mondiale) a 4’33″
21. Davide Formolo (Bora-Hansgrohe) a 6’03″

Seguir em directo: , @giroditalia
(a partir das 12:15, hora de Portugal Continental)



Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário