Tom Boonen de regresso ao mundo do ciclismo: "Falei três vezes com o Patrick Lefevere mas não chegamos a um acordo."

Tom Boonen na conferência de imprensa desta tarde (Foto: Twitter oficial da Lotto-Soudal)
Tom Boonen deixou o ciclismo após o Paris-Roubaix do ano passado e, desde essa altura, afastou-se completamente do ciclismo. O próprio afirmou que não tinha tempo nem interesse em dedicar-se ao ciclismo ou a representar alguma marca do meio. O seu objectivo era concentrar-se na família e em corridas de automóveis.
Mas hoje, com alguma surpresa, foi anunciado o regresso de Boonen ao mundo do ciclismo como embaixador da empresa "Capitães do Ciclismo" (Captains of Cycling) e para além disso, vai também desempenhar o papel de assessor na Lotto-Soudal.

O anúncio do novo cargo de Boonen foi feito hoje, através de uma conferência de imprensa, na qual esclareceu a questão "Quick-Step).

"Falei três vezes com o Patrick Lefevere para ocupar um cargo semelhante, mas não chegamos a um acordo. O contrário aconteceu com Paul (De Geyter) e aqui estou eu."
Mesmo assim, Boonen não fecha a porta à Quick-Step:
"Somos todos amigos. Certamente, eu poderia seguir o mesmo caminho com o Patrick."
Por outro lado, Paul De Geyter mostrou-se satisfeito por ter "assinado" com Boonen:
"Estou satisfeito com a sua chegada aos Capitães do Ciclismo, mas também como assessor da equipa. Felizmente, este será o começo de uma colaboração mais estreita", afirmou.

Fonte: http://www.ciclismointernacional.com

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário