Tom Dumoulin: "Eu e o Terpstra estávamos mais fortes do que Sagan, Kristoff e Matthews"

Tom Dumoulin - Campeão do Mundo de CRE (Foto: Tim de Waele/TDWSport.com)
 Apesar de se ter sagrada campeão do mundo de contra-relógio, tanto a nível individual como colectivo, Tom Dumoulin demonstrou-se um pouco desiludido com o resultado da prova em linha. 
Dumoulin atacou na penúltima subida do dia, a Salmon Hill, mas desse movimento não colheu bons frutos.
"Tentei fazer algo, para além de esperar pela última subida. Acabei por tomar uma decisão errada. Sentia-me com boas pernas, mas devia ter esperado pela última subida.
O percurso era duro mas também era difícil fazer diferenças e quebrar o pelotão. Por isso, Sagan e Kristoff aguentaram."
"O Terpstra provou que estava muito forte. Aliás, acredito que ele e eu estávamos mais fortes do que Sagan, Kristoff e Matthews, mas não estamos no pódio."
"A nossa equipa não tinha um finalizador, por isso não nos restava mais nada do que tentar. Estou desiludido, mas as coisas são mesmo assim", afirmou o holandês ao Cyclingnews.

Fonte: http://www.cyclingnews.com

 

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário