Volta à França 2017 - Antevisão 4ª Etapa

Depois de um dia com um final um pouco mais duro, o Tour volta às etapas para os velocistas puros. A etapa irá acabar na cidade que dá nome a uma das águas mais famosas de França, que curiosamente patrocina a prova, Vittel.

Rescaldo da 3ª etapa


Como se esperava, o final em Longwy era para puncheurs e foi o que aconteceu. Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) mesmo tendo-lhe saltado o pé do pedal, venceu, com Michael Matthews (Team Sunweb) e Daniel Martin (Quick-Step Floors) em 2º e 3º, respetivamente.
A etapa não teve grande história até à subida final, com as habituais fugas que não tiveram sucesso. Na entrada da subida, Richie Porte e Alberto Contador colocaram-se bem, com o australiano a desferir um ataque, o espanhol da Trek-Segafredo respondeu até à fase mais plana, onde deixou-se ficar e a perseguição foi realizada por Sagan, que venceu um sprint que acabou por ser apertado com Matthews. O australiano da Sunweb arrancou um pouco tarde.

Classificação da 3ª Etapa do Tour (Top 10)
1 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe 5:07:19   
2 Michael Matthews (Aus) Team Sunweb        
3 Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors        
4 Greg Van Avermaet (Bel) BMC Racing Team        
5 Alberto Bettiol (Ita) Cannondale-Drapac 0:00:02   
6 Arnaud Demare (Fra) FDJ        
7 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team        
8 Geraint Thomas (GBr) Team Sky        
9 Christopher Froome (GBr) Team Sky        
10 Rafal Majka (Pol) Bora-Hansgrohe
...
54 Tiago Machado (Por) Katusha-Alpecin 0:00:28

Classificação geral após a 3ª Etapa (Top 10)
1 Geraint Thomas (GBr) Team Sky    10:00:31   
2 Christopher Froome (GBr) Team Sky 0:00:12   
3 Michael Matthews (Aus) Team Sunweb        
4 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe 0:00:13   
5 Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data 0:00:16   
6 Pierre Roger Latour (Fra) AG2R La Mondiale 0:00:25   
7 Philippe Gilbert (Bel) Quick-Step Floors 0:00:30   
8 Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky 0:00:32   
9 Tim Wellens (Bel) Lotto Soudal        
10 Nikias Arndt (Ger) Team Sunweb 0:00:34
...
51 Tiago Machado (Por) Katusha-Alpecin 0:01:30

Diferenças entre os chefes de fila:
1 -  Geraint Thomas (Team Sky) 10h00’31”
2 -  Cris Froome (Team Sky) +12″
6 -  Pierre Roger Latour (AG2R La Mondiale) +25″
13 -  Emmanuel Buchmann (Bora-Hansgrohe) +40″
15 -  Dan Martin (Quick-Step Floors) +43″
18 -  Simon Yates (Orica-Scott) +45″
20 -  Richie Porte (BMC) +47″
21 -  Nairo Quintana (Movistar Team) +48″
23 -  Rafal Majka (Bora-Hansgrohe) +49″
24 -  Romain Bardet (AG2R La Mondiale) +51″
26 -  Fabio Aru (Astana Pro Team) +52″
27 -  Alberto Contador (Trek-Segafredo) +54″
29 -  Jakob Fuglsang (Astana Pro Team) +54″
31 -  Rigoberto Urán (Cannondale-Drapac) +1:03
42 -  Louis Meintjes (UAE Team Emirates) +1:12
43 -  Andrew Talansky (Cannondale-Drapac) +1:12
44 -  Esteban Chaves (Orica-Scott) +1:13
117 -  Robert Gesink (LottoNL-Jumbo) +3:45


Perfil da 4ª etapa
Mapa da 4ª etapa
Tal como a 2ª etapa, este á praticamente plana, não se espera outra coisa que uma chegada em pelotão compacto, com os sprinters mais potentes a ditar a sua lei em Vittel.
Há apenas uma contagem de montanha, de 4ª categoria, que não fará diferença.

Cidade de partida:
Mondorf-les-Bains




Mondorf-les-Bains é uma cidade luxemburguesa, capital do município com o mesmo nome, localizada no cantão de Remich.
O local é conhecido pelas suas termas e fontes, utilizadas para fins terapêuticos
Um parque termal estende-se ao longo de 42 hectares e, há mais de 160 anos, recebe amantes da natureza de todas as partes do mundo. Vários são os lugares para descobrir ao longo do parque, os antigos banhos termais, o Waaserhaus (um anfiteatro para conferências) e até 21 esculturas transformam numa exposição ao ar livre. 

Cidade de chegada: Vittel

Galeria do complexo termal de Vittel

Vittel é uma cidade no departamento Vosges em Grand Est, no nordeste da França. É conhecida pelas suas água, ou não fosse a Vittel uma das marcas de água engarrafada mais famosa de França.
Em 1854, depois de visitar os banhos nas proximidades de Contrexéville, o advogado Louis Bouloumié comprou o Fontaine de Gérémoy. Dois anos depois, Bouloumie construiu um pavilhão do qual desenvolveu a arquitetura grandiosa e luxuosa que caracteriza o local. O complexo térmico inclui obras de arquitetos Charles Garnier, Fernand Cesar e Auguste Bluysen. Um pequeno pavilhão abrigou a Primavera Demoiselles (1859), o edifício térmico principal data de 1884, enquanto a galeria foi construída entre 1897 e 1938. Todo o complexo é listado como um monumento histórico e merece uma visita. 

Condições meteorológicas

A etapa começa com sol, mas ao longo do dia vão aparecendo as nuvens. Apesar disso não se espera precipitação. A temperatura rondará os 26ºC e o vento soprará muito fraco de Norte, não será um factor para esta etapa.

Favoritos

*** Marcel Kittel
** André Greipel, Arnaud Dèmare, Mark Cavendish
* Peter Sagan, Dylan Groenewegen, Nacer Bouhanni, Sonny Colbrelli, Michael Matthews, Ben Swift, John Degenkolb, Alexander Kristoff

A nossa aposta:
Marcel Kittel
O alemão no primeiro confronto saiu vencedor e de forma clara, mesmo sem o seu comboio. A etapa é plana e o final volta a ser à sua medida, no estado de forma que está, não há quem seja mais favorito do que ele.

Outsider: André Greipel
O alemão ganha sempre uma etapa numa grande volta. Na 2ª etapa, não foi capaz de lutar com Kittel pela vitória, mas foi um dos melhores dos 'outros'.
Nesta etapa volta a ser um dos principais adversários do seu compatriota e se o seu comboio estiver bem afinado, não era surpresa que vencesse.

Seguir em directo: #tdf2017, #letour, #tdf

(a partir das 11:15, hora de Portugal Continental)
(a partir das 13:10, hora de Portugal Continental)



Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário