Volta à França 2017 - Antevisão 1ª Etapa

A 104ª edição da Volta à França parte de Düsseldorf, na Alemanha. Esta é a 22ª vez que a prova começa fora de França. Pela frente os ciclistas terão um contra-relógio individual de 14 quilómetros.
3,2,1... Que comece o espectáculo!

Perfil da 1ª Etapa
Mapa da 1ª Etapa

São 14 quilómetros, percorridos na sua maioria ao longo do rio Reno. Percurso ideal para os roladores, já que é praticamente plano.


Cidade de partida e chegada: Düsseldorf


Düsseldorf é uma cidade da Alemanha, capital do estado da Renânia do Norte-Vestfália (Nordrhein-Westfalen), localizada às margens do Rio Reno. É a nona maior cidade do país e um importantíssimo centro económico e cultural, fazendo parte da Região Metropolitana do Reno-Ruhr.
Düsseldorf tem uma grande ligação com a França e o Frankreichfest é a maior prova disso mesmo. Trata-se de um festival, com duração de três dias (7, 8 e 9 de Julho 2017), durante os quais se comemora a cultura e a gastronomia francesa, nas margens do Reno. A cidade ganhou ao longo do tempo o apelido de "Little Paris", ao tornar-se num dos principais centros europeus de "prêt-à-porter" (pronto-a-vestir).  É por isso interessante ver o Tour partir de uma cidade ligada à moda, três semanas antes da chegada a uma das mais importantes capitais mundiais da industria.

Condições meteorológicas

As previsões são de chuva para amanhã, com a temperatura a rondar os 19ºC. O vento irá soprar moderadamente de Oeste, o que significa que na maior parte do percurso será lateral.

Favoritos

*** Primoz Roglic, Tony Martin
** Jonathan Castroviejo, Stefan Kung
* Jos Van Emden, Michael Matthews, Richie Porte

A nossa aposta: Tony Martin
O atual campeão alemão de contrarrelógio é um dos melhores de sempre na especialidade e naturalmente será sempre um dos favoritos para este dia. A distância torna a etapa muito aberta, já que não é longa e uma variedade maior de corredores podem disputá-la, já que não é um esforço de longa duração. De qualquer forma Tony Martin na nossa opinião é o favorito.

Outsider: Stefan Kung
Com o fim de carreira de Cancellara, a Suiça procura um sucessor e ele poderá ser Stefan Kung. O ciclista helvético desde os escalões jovens que é um especialista na luta contra o cronómetro e progressivamente tem-se vindo a afirmar no pelotão internacional. 
Como o esforço não é muito longo, acreditamos que Kung é um dos candidatos a vestir a amarela.

Seguir em directo: #tdf2017, #letour, #tourdefrance, #tdf

(a partir das 14:15, hora de Portugal Continental)
 (a partir das 15:10, hora de Portugal Continental)


Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário