Peter Sagan expulso da Volta à França

Após terem atribuído uma penalização de 30 segundos a Peter Sagan, passando-o para o 115º lugar da etapa e de lhe terem tirado 80 pontos da classificação para a camisola verde, o clube de comissários alterou a decisão e expulsou o campeão do mundo. Em causa está uma manobra perigosa que Sagan teve durante o sprint final do dia e, da qual resultou a queda de Mark Cavendish (Dimension Data), John Degenkolb (Trek-Segafredo) e Ben Swift (UAE Team Emirates).

Peter Sagan (Foto: Getty Images Sport)
No final da etapa, e ainda antes de tomar conhecimento da sua expulsão, Peter Sagan dirigiu-se ao autocarro da Dimension Data de forma a saber qual o estado de saúde de Mark Cavendish. Nesse momento proferiu algumas palavras aos jornalistas:
"Não sabia que o Mark Cavendish estava atrás de mim. Queria apanhar a roda do Démare ou do Kristoff. O Démare estava muito rápido pelo lado direito e eu queria apanhar a sua roda, mas o Mark vinha muito rápido pelo lado. Não tive tempo de reagir, tive de ir para o zona das barreiras mas o Cavendish vinha na minha direcção."

O vídeo do incidente:



Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário