Volta à França 2017 - Antevisão 5ª Etapa

Depois de um dia marcado pela polémica que rodeou a expulsão de Peter Sagan da prova, a 5ª etapa será o primeiro teste para os candidatos à classificação geral, com a chegada na La Planche de Belles Filles.

Rescaldo da 4ª etapa
Foi uma etapa marcada pelas duas quedas no final, onde esteve envolvido o camisola amarela, Geraint Thomas. Mas foi a queda que envolveu Sagan e Cavendish que tem dominado as últimas horas, com a expulsão do campeão do mundo. 
A primeira decisão foi a de castigar Sagan com 30 segundos na etapa e retirar-lhe 80 pontos. Mas um pouco mais tarde a decisão foi revista e a expulsão do campeão do mundo era uma realidade.

Em relação à etapa, Guillaume Van Keirsbulck (Wanty-Groupe Gobert) foi o fugitivo do dia, numa longa fuga que começou bem cedo e terminou a 17 quilómetros da etapa. O prémio da combatividade do dia estava entregue.
No sprint final, afetado pelas duas quedas, Demare foi o mais forte, confirmando a boa forma que apresenta. Um vitória muito importante do campeão francês, que se estreia a ganhar no Tour.

Classificação da 4ª Etapa do Tour (Top 10)
1 Arnaud Demare (Fra) FDJ 4:53:54   
2 Alexander Kristoff (Nor) Katusha-Alpecin        
3 André Greipel (Ger) Lotto Soudal        
4 Nacer Bouhanni (Fra) Cofidis, Solutions Credits        
5 Adrien Petit (Fra) Direct Energie        
6 Jurgen Roelandts (Bel) Lotto Soudal        
7 Michael Matthews (Aus) Team Sunweb        
8 Manuele Mori (Ita) UAE Team Emirates        
9 Tiesj Benoot (Bel) Lotto Soudal        
10 Zdenek Stybar (Cze) Quick-Step Floors
...
68 Tiago Machado (Por) Katusha-Alpecin

Classificação geral após a 4ª Etapa (Top 10)
1 Geraint Thomas (GBr) Team Sky    14:54:25   
2 Christopher Froome (GBr) Team Sky 0:00:12   
3 Michael Matthews (Aus) Team Sunweb        
4 Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data 0:00:16   
5 Pierre Latour (Fra) AG2R La Mondiale 0:00:25   
6 Philippe Gilbert (Bel) Quick-Step Floors 0:00:30   
7 Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky 0:00:32   
8 Tim Wellens (Bel) Lotto Soudal        
9 Arnaud Demare (Fra) FDJ 0:00:33   
10 Nikias Arndt (Ger) Team Sunweb 0:00:34
...
51 Tiago Machado (Por) Katusha-Alpecin 0:01:30

Diferenças entre os chefes de fila:
1 - Geraint Thomas (Team Sky) 14h54’25”
2 - Cris Froome (Team Sky) +12″
5 - Pierre Roger Latour (AG2R La Mondiale) +25″
13 - Emanuel Buchmann (Bora-Hansgrohe) +40″
16 - Dan Martin (Quick-Step Floors) +43″
18 - Simon Yates (Orica-Scott) +45″
20 - Richie Porte (BMC) +47″
21 - Nairo Quintana (Movistar Team) +48″
23 - Rafal Majka (Bora-Hansgrohe) +49″
24 - Romain Bardet (AG2R La Mondiale) +51″
26 - Fabio Aru (Astana Pro Team) +52″
27 - Alberto Contador (Trek-Segafredo) +54″
29 - Jakob Fuglsang (Astana Pro Team) +54″
31 - Rigoberto Urán (Cannondale-Drapac) +1:03
42 - Louis Meintjes (UAE Team Emirates) +1:12
43 - Andrew Talansky (Cannondale-Drapac) +1:12
44 - Esteban Chaves (Orica-Scott) +1:13
46 - Mathias Frank (AG2R La Mondiale) +1:17
111 - Robert Gesink (LottoNL-Jumbo) +3:45

Perfil da 5ª etapa
 
Mapa da 5ª etapa


A etapa é relativamente pacifica até à subida final. Os primeiros 100 quilómetros são planos, até que aparece a primeira dificuldade, a Côte d'Esmoulières, que servirá como um aquecimento, mesmo que pequeno, para o grande final.

As duas contagens de montanha:
Km 107.5 - Côte d'Esmoulières 2.3 Km de extensão a 8% - categoria 3
Km 160.5 - La Planche des Belles Filles (1035 m) 5.9 Km de extensão a 8.5% - categoria 1

O final é em La Planche de Belles Filles, uma subida relativamente curta, mas muito dura, são quase 6 quilómetros a 8,5%. A subida é constantes 13 a 10%, com um pequeno descanso no último quilómetro, que antecede a pior rampa (20%)  até à meta.

Perfil da subida, La Planche de Belles Filles


Cidade de partida:
Vittel

Galeria do complexo termal de Vittel
Vittel é uma cidade no departamento Vosges em Grand Est, no nordeste da França. É conhecida pelas suas água, ou não fosse a Vittel uma das marcas de água engarrafada mais famosa de França.
Em 1854, depois de visitar os banhos nas proximidades de Contrexéville, o advogado Louis Bouloumié comprou o Fontaine de Gérémoy. Dois anos depois, Bouloumie construiu um pavilhão do qual desenvolveu a arquitetura grandiosa e luxuosa que caracteriza o local. O complexo térmico inclui obras de arquitetos Charles Garnier, Fernand Cesar e Auguste Bluysen. Um pequeno pavilhão abrigou a Primavera Demoiselles (1859), o edifício térmico principal data de 1884, enquanto a galeria foi construída entre 1897 e 1938. Todo o complexo é listado como um monumento histórico e merece uma visita. 

Cidade de chegada: La Planche des Belles Filles
A Volta à França em La Planche des Belles Filles 
La Planche des Belles Filles é uma estação de esqui nas montanhas Vosges, na França. Está localizado no departamento de Haute-Saône. 
O nome de Belles Filles deriva da vida vegetal local. A montanha é conhecida desde o século 16 como lugar peuplé de belles fahys, um "lugar habitado com lindas hastes". Belles fahys depois se tornou em Belles Filles.
A montanha foi duas vezes palco de chegada de etapa na Volta à França. a primeira vez aconteceu em 2012 e o vencedor foi Chris Froome, a segunda vez foi em 2014 e Vincenzo Nibali foi o homem do dia.

Condições meteorológicas

Condições perfeitas para pedalar. Muito sol, temperaturas a rondar os 23ºC todo o dia e praticamente sem vento.

Favoritos

*** Chris Froome, Richie Porte
** Fabio Aru, Alberto Contador, Nairo Quintana
* Jakob Fuglsang, Esteban Chaves, Daniel Martin, Geraint Thomas, Romain Bardet

A nossa aposta:
Chris Froome
A Sky irá impôr o ritmo de forma a sufocar toda a gente, para que o Froome dê a estocada final e abra ainda mais a diferença que já tem para os principais rivais.
Se o fizer, a equipa britânica e Froome dão um passo gigante para mais uma vitória no Tour e só vamos na 5ª etapa.

Outsider: Fabio Aru
O italiano mostrou no Dauphiné que estava a caminho da melhor forma e nos campeonatos italianos confirmou estar no caminho correto.
É um ciclista atacante e agressivo, espera-se que amanhã seja um dos que anime a subida final. A Astana terá também Fuglsang e pode jogar com isso.

Seguir em directo: #tdf2017, #letour, #tdf

(a partir das 12:15, hora de Portugal Continental)
(a partir das 13:00, hora de Portugal Continental)

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário