Sky acusada de violar a política anti-agulhas da UCI

Foto: Getty Images Sport
A denuncia partiu por um suposto antigo funcionário da Sky, que acusa a equipa de violar a política anti-agulhas da UCI, de forma a acelerar a recuperação dos seus ciclistas.

Um relatório publicado pela Press Association Sport indica que no final de 2010 a equipa contratou o Dr. Fabio Bartalucci, conhecido pela sua experiência em recuperação por via intravenosa. Na altura tal pratica era legal mas deixou de o ser em Maio de 2011, quando entrou em vigor uma série de regras que limitava o uso de agulhas a alguns casos e com justificação médica (ver nota no fim do texto).

A fonte da acusação indica que alguns ciclistas foram injectados com Fluimucil e com Tationil (glutationa), um poderoso antioxidante, que ajuda na recuperação muscular e que muitas vezes é usado para branquear a pele. 

Este assunto junta-se assim ao do pacote misterioso entregue durante o Critérium du Dauphiné em 2011 e passa a fazer parte da investigação que ainda está a decorrer.

Nota: Regras para a utilização de agulhas, em vigor desde 07/05/2011
- A injeção deve ter justificação médica, baseada em conhecimento científico recente e evidências baseadas na medicina. As justificações devem incluir exames físicos feitos por um médico certificado e um documento de diagnóstico próprio indicando a medicação e forma de administração;
- Não deve haver nenhuma forma de tratamento alternativo sem ser as injeções;
- A injeção deve respeitar as indicações do fabricante sobre o medicamento;
- A injeção deve ser administrada por um médico profissional certificado;
- A não ser quando recebidas em tratamento hospitalar ou exame clínico, as injeções devem ser reportadas imediatamente em forma escrita, não após 24 horas, para um médico da UCI.

Fonte:
http://www.cyclingnews.com
https://www.theguardian.com
http://www.praquempedala.com.br


Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário