De Brabantse Pijl - La Flèche Brabançonne (1.HC) - Antevisão



A De Brabantse Pijl é o último capítulo das clássicas da primavera na Flandres. Com o fim das clássicas de pavé, chegam as Ardenas, os ciclistas 'pesados' e de força bruta dão lugar aos que adoram as subidas curtas, mas explosivas. A De Brabantse Pijl serve de transição e de preparação para clássicas das Ardenas, que começam já no próximo domingo com a realização da Amstel Gold Race.
Antes de 2010 situava-se no período das clássicas do pavé, com a reestruturação do calendário, passou a ser disputada depois do Paris-Roubaix, fazendo com que o calendário fique organizado de forma lógica, sendo esta a prova que faz a transição, servindo de despedida da Flandres e piscando o olho às Ardenas.
Desde de 2010 que o final da prova se situa em Overijse, até esse ano a chegada situava-se em Alsemberg.
A primeira edição, realizou-se em 1961, nomes famosos a vencê-la não faltam, Eddy Merckx, Freddy Maertens, Roger De Vlaeminck, Claude Criquelion, Johan Museeuw, Óscar Freire, Michele Bartoli, Philippe Gilbert e Peter Sagan estão entre eles.

História
últimos 10 vencedores
2007 Óscar Freire (ESP) Rabobank
2008 Sylvain Chavanel (FRA) Cofidis
2009 Anthony Geslin (FRA) Française des Jeux
2010 Sébastien Rosseler (BEL) Team RadioShack
2011  Philippe Gilbert (BEL) Omega Pharma-Lotto
2012 Thomas Voeckler (FRA) Team Europcar
2013 Peter Sagan (SVK)  Cannondale
2014 Philippe Gilbert (BEL) BMC Racing Team
2015 Ben Hermans (BEL) BMC Racing Team
2016 Petr Vakoc (CZE) Etixx-Quick-Step

Edição 2016 (Top-10)
1    Petr Vakoc (Cze) Etixx - Quick-Step    4:48:50   
2    Enrico Gasparotto (Ita) Wanty - Groupe Gobert    0:00:06   
3    Tony Gallopin (Fra) Lotto Soudal    0:00:12   
4    Bryan Coquard (Fra) Direct Energie    0:00:20   
5    Michael Matthews (Aus) Orica-GreenEdge        
6    Sonny Colbrelli (Ita) Bardiani CSF        
7    Maurits Lammertink (Ned) Roompot - Oranje Peloton        
8    Julian Alaphilippe (Fra) Etixx - Quick-Step        
9    Tom Jelte Slagter (Ned) Cannondale Pro Cycling        
10    Loic Vliegen (Bel) BMC Racing Team

Percurso

Leuven › Overijse (197 Km)

Apesar de contar com sectores em pavé, a prova é mais conhecida pelos seus muros asfaltados, por essa razão é que foi colocada neste período do calendário, fazendo desta forma, a transição perfeita para as Ardenas.
Este tipo de subidas, serão uma constante durante o percurso, farão a selecção de quem irá discutir a vitória na prova. As dificuldades estão principalmente concentradas no circuito final, que será percorrido por cinco vezes.
Subidas no circuito final:
- Hagaard – 360m @ 10%;
- Hertstraat – 700m @ 4.2%;
- Holstheide – 950m @ 5.3%;
- Ijshelderlaam – 1.12km @ 4.3%;
- Schavei – 700m @ 5.2%.



Startlist

Condições meteorológicas


Um dos factores mais relevantes, são as condições meteorológicas, que podem influenciar de forma decisiva o desenrolar da prova. Este ano as previsões dão um diacom algumas nuvens, mas sem chuva. A temperatura rondará os 14ºC.
O vento soprará de Oeste, com rajadas que podem atingir os 30 Km/h.

Favoritos

***** Philippe Gilbert
**** Michael Matthews, Sonny Colbrelli
*** Petr Vakoc, Enrico Gasparotto, Nathan Haas, Simon Gerrans
** Alberto Bettiol, Tiesj Benoot, Tim Wellens, Daryl Impey, Ben Hermans, Bryan Coquard
* Juan Jose Lobato, Paul Martens, Simon Clarke, Silvan Dillier, Kristian Sbaragli, Justin Jules, Dries Devenyns, Loic Vliegen, Xandro Meurisse

A nossa aposta: Philippe Gilbert
O belga não foi ao Paris-Roubaix, para se concentrar para as provas das Ardenas. O belga já referiu diversas vezes que esta prova é uma das preferidas e venceu-a por duas vezes. Em 9 participações se excluirmos a primeira participação, que foi obrigado a abandonar, o pior que fez, foi um 12º lugar! Notável.
Pelo o que fez nesta primavera, tem de ser considerado o grande favorito.

Outsider: Sonny Colbrelli
Foi 6º na edição passada. Está a realizar uma boa campanha em 2017, foi 10º na Volta à Flandres e esta prova adapta-se muito bem às suas características.

Seguir em directo: , @DeBrabantsePijl


Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário