Tony Martin: "O meu primeiro objectivo do ano é o Paris-Roubaix"

Foto: Tim de Waele/TDWSport.com)
Tony Martin, o actual e já quatro vezes campeão do mundo de contra-relógio, que este ano se transferiu da Etixx para a Katusha, enfrenta uma temporada diferente do habitual com um maior foco nas clássicas da primavera.

"Juntamente com Kristoff e Zakarin, sou um dos líderes de equipa. Nós os temos temos de terminar o trabalho, ou seja, ganhar corridas. Na minha nova equipa, o ambiente é perfeito. Achava que ia necessitar de mais tempo de adaptação à equipa, mas não foi o caso e até já ganhei uma etapa em Valência".

"As minhas sensações são muito boas. Ter ganho uma etapa na primeira prova da temporada deu-me um bom impulso. Não podia ter começado melhor!"

Sobre os objectivos para a temporada, Tony Martin disse:
"Tenho três grandes objectivos: as clássicas, o prólogo da Volta a França e conseguir novamente o título de campeão do mundo de contra-relógio."

"O meu grande objectivo é o Paris-Roubaix. De momento parece que Kristoff será o líder da equipa nas Flandres e no Roubaix eu posso ser o líder, mas isto não quer dizer que entretanto não possamos mudar os nossos planos. Ter trabalhado com ciclistas como Boonen, Stybar e Terpstra foi muito positivo, pois aprendi muito com eles."

Fonte da entrevista: http://www.rafaelmerino.com/tony-martin-ciclista-pasa-muchas-horas-soledad-fuerte-mentalmente/

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário