Trek-Segafredo na Volta ao Algarve

Confirmado pela própria organização da prova portuguesa, a Trek-Segafredo é a surpresa de última hora e estará presente na edição de 2017.
Devido às últimas alterações no calendário WorldTour (desaparecimento do Tour do Qatar) a equipa pediu à organização da Volta ao Algarve um convite para estar presente na prova. 
Sendo assim, a Volta ao Algarve contará com 25 equipas, sendo que 12 delas pertencem ao escalão máximo (WT). O pelotão contará com 200 ciclistas, o número máximo permitido pelos regulamentos da UCI.


Equipas participantes:
WorldTour: Astana (CAZ), Bora-hansgrohe (GER), Cannondale-Drapac (EUA), Dimension Data (RSA), FDJ (FRA), Katusha-Alpecin (SUI), Lotto NL-Jumbo (NED), Lotto Soudal (BEL), Movistar (ESP), Quick-Step Floors (BEL), Team Sky (GBR) e Trek-Segafredo (EUA).

Continental Profissional: Caja Rural-Seguros RGA (ESP), Cofidis (FRA), Gazprom-RusVelo (RUS), Manzana Postobón (COL), Roompot-Nederlandse Loterij (NED) e Wanty-Groupe Gobert (BEL)

Continental: Efapel, LA Alumínios-Metalusa, Louletano-Hospital de Loulé, RP-Boavista, Sporting-Tavira e W52-FC Porto (POR), e Rally Cycling (EUA) 

Percurso:
15 de fevereiro – 1.ª Etapa: Albufeira – Lagos, 180,3 km
16 de fevereiro – 2.ª Etapa: Lagoa – Fóia (Monchique), 189,3 km
17 de fevereiro – 3.ª Etapa: Sagres – Sagres (C/R Individual), 18 km
18 de fevereiro – 4.ª Etapa: Almodôvar – Tavira, 203,4 km
19 de fevereiro – 5.ª Etapa: Loulé – Malhão, 179,2 km 

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário