Volta a Portugal 2016 - Antevisão 1ª etapa

Depois do prólogo que definiu o primeiro camisola amarela, corre-se a 1ª etapa com inicio no Furadouro e o final em Braga.
A chegada a Braga com duas subidas ao Sameiro (nos dois últimos anos foi o local dos campeonatos nacionais de estrada), antes da meta final que se situa no centro da cidade, mais concretamente na Avenida da Liberdade. 
O percurso é semelhante à etapa que acabou no mesmo locam, em 2014, com a decisão a ser ao sprint num grupo ainda numeroso. A descida da Falperra também pode baralhar as coisas.

Cidade de partida: Ovar


A cidade de Ovar pertence ao distrito de Aveiro. É também sede de concelho com 8 freguesias (após a reorganização territorial passaram a 5).
Ovar é única, não existe mais nenhuma localidade no mundo com este nome. Segundo consta, foi dado este nome à cidade devido às inúmeras aves que por lá habitavam e desovavam.
Foi aqui que Júlio Dinis redigiu "As Pupilas do Senhor Reitor" e fez o esboço de "A Morgadinha dos Canaviais". 
Ovar é muito conhecida pelo seu Carnaval, um dos maiores do país.
A nível gastronómico, não podem visitar Ovar e deixar de provar o seu famoso Pão de Ló. Um pão de ló húmido no seu interior. É sem dúvida o "ex libris" da cidade. Como terra de mar que é, os pratos principais baseiam-se no peixe. As caldeiradas de peixe e de enguias e as enguias de escabeche. 

Cidade de chegada: Braga

Centro da cidade de Braga
É difícil falar de  mais de 2000 anos de história num parágrafo tão pequeno. Braga foi fundada pelos Romanos com o nome de Bracara Augusta, em homenagem ao imperador César Augusto. Devido a isso, muitos são os vestígios do Império Romano que se vê na cidade. 
É sede de concelho com 62 freguesias (após a reorganização territorial ficou com 37).
Braga é uma cidade de cultura e tradições, onde em cada canto, a história abraça a religião. O centro da cidade é uma vasta zona pedonal, com várias ruas sempre repletas de pessoas e o comércio tradicional sempre pronto a bem-receber. Se passear a pé por Braga irá reparar na enorme quantidade de igrejas que por lá encontra, escolher a mais bonita é quase impossível. E não nos podemos esquecer da mais emblemática de todas, a Sé.
Mas mais existe para visitar. Os Jardins de Santa Bárbara merecem uma paragem para algumas fotos. Na avenida da Liberdade destaca-se o Teatro Circo. Completamente restaurado, é de uma beleza inquestionável.  
Fora do centro de Braga, não podem perder o Bom Jesus do Monte e o Sameiro. E claro, uma viagem no elevador do Bom Jesus é daquelas actividades que todos devemos fazer.
A festa principal de Braga é o São João. Mas ao longo do ano muitas são as festividades. É uma cidade muito animada principalmente de verão. 


Condições atmosféricas
Temperaturas muito elevados durante toda a etapa, que podem chegar perto dos 40 ºC! O vento não marcará uma presença significativa.



Favoritos
Etapa muito condicionada com as duas passagens pelo Sameiro, que podem arrumar com alguns dos sprinters. A descida da Falperra também pode ser adequada a ciclistas que descem bem, como por exemplo, Filipe Cardoso.

*** Davide Vigano, Vicente de Mateos
** Francesco Gavazzi, Filipe Cardoso, Daniel Mestre, José Gonçalves
* Robinson Chalapud, Andrea Pasqualon, Edu Prades

A nossa aposta: Davide Vigano
Habituado a vencer etapas na Volta a Portugal, em 2014 foi ele que venceu neste mesmo local em Braga, num percurso idêntico. É a nossa aposta para este final, por ser um excelente finalizador e por se dar bem com este tipo de percurso.
Outsider: Vicente de Mateos
É talvez o melhor sprinter do pelotão Português. Apesar das duas subidas ao Sameiro, não se pode retirar este homem da luta pela etapa. Se estiver no grupo da frente é um forte candidato.

Seguir em directo: #eugostodavolta, #voltaportugal, RTP1

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário