Tour 2016 - Antevisão 15ª Etapa

A alta montanha está de regresso num dia duríssimo com 6 contagens de montanha, sem que o final seja numa chegada em alto.
Perfil da 15ª etapa

Últimos 60 Kms


Últimos quilómetros da etapa
São 160 Kms com constantes subidas e descidas. Logo aos 23 Kms há uma subida de 1ª categoria, o Col du Berthiand, ideal para a criação de uma fuga.
Depois serão várias subidas e descidas seguidas, entre eles, Col du Sappel, Col de Pisseloup e Col de la Rochette.
Já não bastavam as 4 primeiras contagens de montanha, o pior aparece nos últimos 60 Kms, com os ciclistas a ter que subir o Grand Colombier, uma subida de categoria especial, seguido de uma descida técnica e a 14 Kms do final situa-se os Lacets du Grand Colombier, subida de 1ª categoria. 
A descida final é perigosa.
Subidas categorizadas:
Km 23.0 - Col du Berthiand (780 m) 6 Km@8.1% - cat. 1
Km 52.0 - Col du Sappel (794 m) 8.8 Km@5.6% - cat. 2
Km 63.5 - Col de Pisseloup 4.9 Km@5.8% - cat. 3
Km 79.0 - Col de la Rochette 5.1 Km@5.4% - cat. 3
Km 113.0 - Grand Colombier (1 501 m) 12.8 Km@6.8% - cat. HC
Km 146.0 - Lacets du Grand Colombier (891 m) (D120-D120 A) 8.4 Km@7.6% - cat. 1

Cidade de partida: Bourg-en-Bresse


Bourg-en-Bresse é uma cidade francesa, capital do departamento de Ain, na região Rhône-Alpes. 
A cidade fica a 66 km a nordeste de Lyon, 35 km a leste de Macon e 62 km ao sul de Lons-le-Saunier, bem como os 101 km oeste de Genebra. A cidade está localizada nas planícies arborizadas de Bresse. 
A cidade de Bourg-en-Bresse tem uma gastronomia rica. Entre os pratos que fizeram a reputação de Bresse, encontramos o Bresse fondue. Há também muitos vinhos locais conhecidos e de qualidade. A cidade brilha no mapa gastronómico graças aos seus chefs famosos, como Jacques Pepin e Georges Blanc. Este último é um dos grandes chefs, restaurateurs e hoteleiros na localidade francesa de Vonnas, uma das mais belas da França, no coração da Bresse, com três estrelas Michelin.

Cidade de chegada: Culoz


Culoz é uma cidade francesa na região administrativa de Ródano-Alpes, no departamento de Ain. A cidade está localizada na margem direita do rio Ródano.
Apesar de ser uma cidade ligada ao desporto, esta é a primeira vez que o Tour de França tem uma chegada de etapa na cidade.

Condições atmosféricas
Vento soprará de Norte, com rajadas de 35 Km/h. Dia com muito Sol e temperaturas a rondarem os 22ºC e 24ºC.




Favoritos:
Dia ideal para que uma fuga seja bem sucedida. Com os candidatos à classificação da montanha a serem os principais interessados, já que são 6 contagens de montanha. Thomas de Gendt, Rafal Majka, Rui Costa e Vincenzo Nibali, são 4 nomes a ter atenção neste dia.

***  Rafal Majka (Fuga), Thomas de Gendt (Fuga), Rui Costa (Fuga), Vincenzo Nibali (Fuga)
** Chris Froome, Nairo Quintana, Fabio Aru, Alejandro Valverde, Romain Bardet
* Joaquim Rodriguez, Adam Yates, Bauke Mollema, Richie Porte, Tejay Van Garderen

A nossa aposta: Rafal Majka (Fuga)
Está na luta pela classificação da montanha e procura vencer uma etapa. Já foi 3º em duas etapas. É um dos nomes que poderão estar na fuga do dia à procura dos pontos da montanha e da tão deseja vitória de etapa.
É um dos melhores trepadores do pelotão.
Outsider: Romain Bardet
No grupo dos candidatos à geral, o francês é um dos que terá de atacar para recuperar tempo, no seu objectivo de estar no pódio.
Bardet sobe bem e desce ainda melhor, dado as características do final de etapa, é a nossa aposta, caso a etapa seja decidida pelo grupo principal.

Seguir em directo: Eurosport 1, RTP 2, @LeTour#TDF2016

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário