Tour 2016 - Antevisão 14ª Etapa

Depois do Mt. Ventoux e do contrarelógio individual, chega um dia mais calmo que promete pouca história, com uma chegada ao sprint.
Perfil da 14ª etapa

Últimos quilómetros da etapa
Etapa completamente plana, com 3 contagens de montana de 4ª categoria longe da meta. Não há muito mais a dizer sobre esta jornada. Os últimos Kms são planos, ideal para um sprint com todos os melhores sprinters presentes na prova.
Subidas categorizadas:
Km 20.5 - Côte de Puy-Saint-Martin 3.6 Km@5.2% - cat. 4
Km 93.5 - Côte du Four-à-Chaux 3.9 Km@4.2% - cat. 4
Km 101.5 - Côte d'Hauterives 2.1 Km@5.5% - cat. 4


Cidade de partida: Montélimar

Centro histórico de Montélimar
Montélimar também conhecida como "Portas de Provence", é uma cidade francesa situada no departamento de Drôme, região de Rhône-Alpes, entre Valence e Avignon. A cidade é historicamente ligada à antiga província do Dauphiné.
A especialidade gastronómica da cidade é o nougat. Trata-se de um produto de confeitaria feito à base de mel e amêndoas, que pode ser revestido a chocolate e, pode ainda ter recheio de frutos secos e outros.

Cidade de chegada: Villars-les-Dombes Parc des Oiseaux

Parc des Oiseaux
O Parc des Oiseaux é um zoológico localizado em Villars-les-Dombes, no departamento de Ain. O local é identificado no Inventário Geral do Património Cultural e foi inaugurado em 1970. É um dos mais antigos parques de aves em França e reúne uma colecção de mais de 3000 aves de todo o mundo numa reserva de 380 hectares localizado no coração do Dombes. 
O parque é um membro da Associação Europeia de Zoos e Aquários e da Associação Nacional de Jardins Zoológicos, ele participou em programas europeus para a protecção e reintrodução de espécies ameaçadas.
Em 2014 ele recebeu 283,684 visitantes.

Condições atmosféricas
Dia com muito sol, com temperaturas a rondarem a casa dos 23ºC a 27ºC. O vento soprará forte de Norte, com rajadas de 50 Km/h.


Favoritos:
Dia ideal para sprinters, onde as equipas dos mesmos deverão controlar a corrida de forma a terminar em pelotão compacto. O único que factor que pode baralhar as coisas, é o vento, que pode criar cortes no pelotão.

*** Mark Cavendish
** Marcel Kittel, André Greipel
* Peter Sagan, Bryan Coquard, Alexander Kristoff

A nossa aposta: Mark Cavendish
O inglês tem sido o melhor sprinter em prova e é naturalmente o nosso favorito, porque a probabilidade de que haja uma chegada em pelotão compacto é bastante alta. Se conseguir vencer será a 4ª vitórias nesta edição.
Outsider: Peter Sagan
O eslovaco é a grande estrela do ciclismo actual. Capaz de finalizar com os melhores e também de autênticos recitais de como mexer na corrida. A 2ª vitória de etapa nesta edição é uma aula de ciclismo para todo o pelotão.
Com o vento a ter uma papel fundamental nesta jornada, Sagan é bem capaz de voltar a tentar surpreender.

Seguir em directo: Eurosport 1, RTP 2, @LeTour#TDF2016

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário