Tour 2016 - Análise 18ª (CRI) e 19ª etapas


Froome confirma estatuto
Se dúvidas ainda restavam, foram desfeitas ontem no contrarelógio individual de montanha, Chris Froome é o mais forte em prova. Deu-se ao luxo de começar o esforço individual num ritmo controlado, estava a perder tempo para Tom Dumoulin, para depois na segunda parte do contrarelógio dominar toda a concorrência, vencendo por uma boa margem. Um gestão perfeita, num Tour que até a esta etapa estava a ser perfeito.

O que se passa com Nairo Quintana?
Tem realizado um Tour muito discreto e o contrarelógio confirmou o mau momento do Colombiano. Toda a gente esperava que Quintana estivesse bem na 3ª semana, como aconteceu em 2013 e 2015, mas não é isso que está a acontecer. De qualquer maneira, o ciclista da Movistar está às portas de mais um pódio.

Porte, Bardet e Aru
Os 3 estiveram bem, perderam tempo para Froome, mas foram os melhores a seguir a Froome e Tom Dumoulin.
A luta pelo pódio está ao rubro e os 3 estão bem dentro dela. Bardet e Aru estão em subida de forma, enquanto Porte tem estado em grande nível durante toda a prova.

Tom Dumoulin um futuro vencedor de uma Grande Volta?
No final da etapa, o holandês revelou que vai tentar ganhar uma Grande Volta no futuro e para isso assumiu que terá de emagrecer. A sua Volta à França foi um sucesso, duas vitórias de etapa, incluindo um contrarelógio individual e se não fosse Froome, iria vencer a 3ª. Depois da Vuelta do ano passado, Tom Dumoulin confirmou que pode ser um candidato no futuro para as Grandes Voltas, não foi preciso este Tour para se saber isso. Até porque neste Tour, Dumoulin reservou-se para determinadas etapas.

Bauke Mollema e Adam Yates a fraquejarem?
Adam Yates começou muito bem o contrarelógio mas acabou por fraquejar ao longo da etapa. O jovem britânico está a começar a pagar os esforço de uma prova de 3 semanas. Bauke Mollema fez um contrarelógio fraco e mostrou estar em clara perda. Apesar de estarem no pódio, tudo indica depois desta etapa que estão em quebra.

O mais do dia: Tom Dumoulin
O menos do dia: Bauke Mollema

Classificação da 18ª etapa (Top 10):

1 Christopher Froome (GBr) Team Sky 0:30:43
2 Tom Dumoulin (Ned) Team Giant-Alpecin 0:00:21
3 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team 0:00:33
4 Richie Porte (Aus) BMC Racing Team
5 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale 0:00:42
6 Thomas De Gendt (Bel) Lotto Soudal 0:01:02
7 Jon Izaguirre (Spa) Movistar Team 0:01:03
8 Joaquim Rodriguez (Spa) Team Katusha 0:01:05
9 Louis Meintjes (RSA) Lampre - Merida 0:01:08
10 Nairo Quintana (Col) Movistar Team 0:01:10
...
21 Nelson Oliveira (Por) Movistar 0:01:46
136 Rui Costa (Por) Lampre-Merida 0:04:57

Classificação geral após a 18ª etapa (Top 10):

1 Christopher Froome (GBr) Team Sky 77:55:53
2 Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo 0:03:52
3 Adam Yates (GBr) Orica-BikeExchange 0:04:16
4 Nairo Quintana (Col) Movistar Team 0:04:37
5 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale 0:04:57
6 Richie Porte (Aus) BMC Racing Team 0:05:00
7 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team 0:06:08
8 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team 0:06:37
9 Louis Meintjes (RSA) Lampre - Merida 0:07:15
10 Daniel Martin (Irl) Etixx - Quick-Step 0:07:18
...
70 Rui Costa (Por) Lampre-Merida 2:13:01
82 Nelson Oliveira (Por) Movistar 2:25:57



3º dia nos Alpes e o primeiro neste Tour que realmente entusiasmou. Na primeira subida do dia, um grupo de 20 unidades conseguiram escapar:  Breen e Sepúlveda (Fortuneo), Pantano (IAM), Lutsenko (Astana), Kiserlovski e Majka (Tinkoff), Vuillermoz (AG2R-La Mondiale), Bennett (LottoNL-Jumbo), Rolland (Cannondale-Drapac), Burghardt e Moinard (BMC), Berhane (DiData), Ten Dam (Giant-Alpecin), Buchmann (Bora-Argon 18), Rui Costa (Lampre-Merida), De Gendt e Gallopin (Lotto-Soudal), Martin (Etixx-Quick Step), Navarro (Cofidis) e Michael Matthews (Orica-BikeExchange).

A Astana e a Katusha controlavam o pelotão e não deixaram que a vantagem atingisse muito tempo de vantagem. Majka confirmou que salvo alguma reviravolta, irá vestir até Paris a camisola da montanha.
A Astana impunha o ritmo no Montée de Bisanne (HC), que destruía o grupo de favoritos, Adam Yates e Dan Martin sentiam dificuldades.
Depois da subida, a chuva aparecia e deu-se um festival de quedas, o primeiro a abrir o festim foi Pierre Rolland, seguiram-se Morabito e Reichenback, depois Porte.

Nessa mesma altura, Rui Costa abria uma vantagem na frente, com a Astana e a Orica a perseguirem, próximos da subida final, Mollema, Dani Navarro e Sepúlveda foram ao chão, o espanhol da Cofidis teve de abandonar.Chérel da Ag2R atacou na descida e Bardet logo a seguir junta-se ao colega, Chris Froome queria pôr fim à aventura dos dois franceses, mas cai sozinho, Nibali ao travar para evitar o britânico também vai ao chão.
Geraint Thomas fornece a bicicleta a Froome, que rapidamente prosseguiu a sua marcha e conseguiu colar no grupo dos favoritos. Enquanto isso Mollema afundava-se, no final desceu de 2º para 10º da Geral.
Na frente Bardet já sozinho, alcançava Rui Costa e deixava-o para trás. No grupo dos favoritos vários ataques, mas sem grande efeito, com Froome a aguentar, apesar de se notar algum sofrimento. Dan Martin foi o primeiro a testar, Porte também tentou, mas Quintana fechou o espaço.
Valverde trabalhou para o seu líder e já no final, Froome e os seus gregários ficaram para trás.

Romain Bardet venceu brilhantemente a etapa, e saltou para o 2º lugar da Geral. Joaquim Rodriguez foi 2º e Valverde 3º. Froome chegou a 36 segundos de Bardet.

O mais do dia: Romain Bardet
O menos do dia: Bauke Mollema

Classificação da 19ª etapa (Top 10):

1 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale 4:14:08
2 Joaquin Rodriguez (Spa) Team Katusha 0:00:23
3 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team
4 Louis Meintjes (RSA) Lampre - Merida
5 Nairo Quintana (Col) Movistar Team 0:00:26
6 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team 0:00:28
7 Daniel Martin (Irl) Etixx - Quick-Step
8 Wouter Poels (Ned) Team Sky 0:00:36
9 Christopher Froome (GBr) Team Sky
10 Richie Porte (Aus) BMC Racing Team 0:00:53
...
15 Rui Costa (Por) Lampre-Merida 0:01:52
73 Nelson Oliveira (Por) Movistar 0:21:15

Classificação geral após a 19ª etapa (Top 10):

1 Christopher Froome (GBr) Team Sky 82:10:37
2 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale 0:04:11
3 Nairo Quintana (Col) Movistar Team 0:04:27
4 Adam Yates (GBr) Orica-BikeExchange 0:04:36
5 Richie Porte (Aus) BMC Racing Team 0:05:17
6 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team 0:06:00
7 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team 0:06:20
8 Louis Meintjes (RSA) Lampre - Merida 0:07:02
9 Daniel Martin (Irl) Etixx - Quick-Step 0:07:10
10 Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo 0:07:42
...

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário