Clasica de San Sebastian (1.WT) - Antevisão

Inicio de Agosto significa que teremos uma das clássicas mais importantes desta fase do calendário do ciclismo, a mais importante do país vizinho. A Clássica de San Sebastian, apesar de ser ainda relativamente jovem, em 2016 disputa-se a 36 edição, a primeira foi disputada em 1981, conta com um prestigio único no ciclismo espanhol, com um naipe de vencedores ao longos dos anos, que é notável.
A Espanha domina com 13 vitórias, seguido da Itália com 7 e a França com 4. Um basco detém o maior número de vitórias, Marino Lejarreta, vencedor das duas primeiras edições, com três vitórias é o recordista.

História
últimos 10 vencedores
2006 Xavier Florencio (ESP)
2007 Leonardo Bertagnolli (ITA)
2008 Alejandro Valverde (ESP)
2009 Carlos Barredo (ESP)
2010 Luis León Sánchez (ESP)
2011 Philippe Gilbert (BEL)
2012 Luis León Sánchez (ESP)
2013 Tony Gallopin (FRA)
2014 Alejandro Valverde (ESP)
2015 Adam Yates (GBR)

Edição 2015
1 Adam Yates (GBr) Orica GreenEdge 5:30:22
2 Philippe Gilbert (Bel) BMC Racing 0:00:15
3 Alejandro Valverde Belmonte (Spa) Movistar Team
4 Daniel Moreno Fernandez (Spa) Team Katusha
5 Joaquim Rodríguez Oliver (Spa) Team Katusha
6 Bauke Mollema (Ned) Trek Factory Racing
7 Daniel Martin (Irl) Cannondale-Garmin Pro Cycling Team
8 Julian Alaphilippe (Fra) Etixx - Quick-Step
9 Warren Barguil (Fra) Team Giant-Alpecin
10 Rigoberto Urán (Col) Etixx - Quick-Step

Percurso
San Sebastian  ›  San Sebastian   (220.2 Km)
Os primeiros 190 Kms são praticamente iguais aos da edição do ano passado, com as grande dificuldades a serem o Iturburu, Jaizkibel e Arkale. Mas será a segunda passagem pelo Jaizkibel que mudará a corrida, possivelmente um grupo selecto de corredores ficará na disputa da prova.
A segunda passagem pelo Alto de Arkale a 32 Kms da meta, ainda irá seleccionar mais o grupo de favoritos.
A última subida e aquela que pode definir o vencedor, este ano é o Murgil Tontorra. Existem dois cenários possíveis nesta subida, ou alguém se isola e faz os 8 Kms finais rumo à vitória, ou então um grupo restrito chega ao topo junto e a prova será disputada num sprint entre os corredores do grupo.

Perfil da prova
Perfil da subida Jaizkibel
Perfil da subida final

Condições meteorológicas
Condições instáveis, apesar de não se esperar chuva, o céu vai-se apresentar cinzento. Temperaturas a rondarem os 22ºC e o vento soprará de Norte, com rajadas que podem atingir os 20 Km/h.

Startlist

Favoritos

***** Alejandro Valverde, Joaquim Rodriguez
**** Adam Yates, Greg Van Avermaet, Daniel Martin
*** Diego Ulissi, Bauke Mollema, Roman Kreuziger
** Philippe Gilbert, Tony Gallopin, Samuel Sanchez
* Tiesj Benoot, Tim Wellens, Rigoberto Uran, Michal Kwiatkowski, Luis Léon Sanchez

A nossa aposta: Joaquim Rodriguez
Será a última San Sebastian que Purito fará e vai querer vencê-la. O duelo com Valverde já é um clássico e entre os dois, fomos por aquele que fará a última edição.
A percurso da clássica como é óbvio assenta-lhe muito bem e juntamente com o seu rival de sempre, serão os mais favoritos mais uma vez.
Outsider: Diego Ulissi
Na sua única participação em 2010, conseguiu um 10º lugar. O percurso é o ideal para ele, tanto pode atacar na última subida e chegar isolado, como pode vencer a prova num sprint num grupo restrito. E é por causa dessa versatilidade, que é o nosso outsider.

Seguir em directo: @dklasikoa, #klasikoa, Eitb, Eurosport 1

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário