Antevisão aos Campeonatos Nacionais de ciclismo (Elites e sub-23) 2016


Braga pelo segundo ano consecutivo recebe os campeonatos nacionais de ciclismo de estrada. No ano passado, Rui Costa sagrou-se campeão nacional na prova em linha de elites, enquanto Nuno Bico se consagrava nos sub-23. Na vertente de contrarrelógio, Nélson Oliveira revalidou o título nos elites e José Fernandes venceria nos sub-23.

Vencedores anteriores
Elites
prova em linha
2011 - João Cabreira -  Onda Boavista
2012 - Manuel Cardoso -  Caja Rural
2013 - Jóni Brandão -  Efapel - Glassdrive
2014 - Nélson Oliveira -  Lampre - Merida
2015 - Rui Costa -  Lampre - Merida

CRI
2011 - Nélson Oliveira -  Team RadioShack
2012 - José Gonçalves -  Onda - Boavista
2013 - Rui Costa -  Movistar Team
2014 - Nélson Oliveira -  Lampre - Merida
2015 - Nélson Oliveira -  Lampre - Merida

Sub-23
prova em linha
2011 - Fábio Silvestre -  Liberty Seguros - Stª Maria da Feira
2012 - Pedro Paulinho -  Liberty Seguros - Feira - KTM
2013 - Victor Valinho -  Louletano - Dunas Douradas
2014 - Joaquim Silva -  Anicolor
2015 - Nuno Bico -  Rádio Popular - Boavista

CRI
2011 - José Gonçalves -  Liberty Seguros - Stª Maria da Feira
2012 - Fábio Silvestre -  Leopard - Trek
2013 - Rafael Reis -  Ceramica Flaminia - Fondriest
2014 - Rafael Reis -  Banco BIC - Carmim
2015 - José Fernandes -  Anicolor

Percurso
24 de junho CRI Sub-23 (11:00)
Braga-Braga, 27 Km
Percurso completamente plano no centro de Braga. É um circuito de 9 Kms que será percorrido por 3 vezes, totalizando 27 Kms.
Mapa da CRI sub-23

24 de junho CRI Elites (16:00)
Braga-Braga, 36 Km
Percurso completamente plano no centro de Braga, idêntico ao de sub-23. É um circuito de 9 Kms que será percorrido por 4 vezes, totalizando 36 Kms.
Mapa do CRI Elites

25 de junho prova em linha sub-23 (15:00)
Braga(Sameiro)-Braga(Sameiro) 144,9 Km
Percurso que parte do Santuário do Sameiro em Braga, termina no mesmo local e passa pelo centro da cidade dos Arcebispos. Num circuito que será percorrido por 9 vezes e onde a maior dificuldade é a subida ao Sameiro pelo lado do Bom Jesus, uma subida complicada (6,4 Km@6%), sobretudo pelo número de vezes que terá de ser ultrapassada.
Mapa prova em linha sub-23

26 de junho prova em linha Elites (11:00)
Braga(Sameiro)-Braga(Sameiro) 144,9 Km
Percurso que parte do Santuário do Sameiro em Braga, termina no mesmo local e passa pelo centro da cidade dos Arcebispos. Num circuito que será percorrido por 11 vezes e onde a maior dificuldade é a subida ao Sameiro pelo lado do Bom Jesus, uma subida complicada (6,4 Km@6%), sobretudo pelo número de vezes que terá de ser ultrapassada.
Mapa prova em linha de Elites

Principais favoritos
CRI sub-23
O vencedor do ano passado, José Fernandes vai tentar defender o título, mas este ano, Ivo Oliveira tem estado a realizar um ano melhor nos esforços individuais que a concorrência presente nos campeonatos nacionais. A única dúvida é saber se num esforço mais longo se vai superiorizar a José Fernandes e aos outros adversários.
*** Ivo Oliveira
** José Fernandes, José Magalhães
* Tiago Antunes, Gaspar Gonçalves
A nossa aposta: Ivo Oliveira

CRI Elites
Nélson Oliveira teoricamente é o maior favorito, porque venceu as duas últimas edições nesta especialidade. No entanto, este ano, terá um adversário diferente, Rafael Reis tem estado a voar na especialidade. Já se sabia que o jovem de Palmela era um caso sério no contrarrelógio, mas ainda não se tinha afirmado totalmente nos elites. Até que este ano com a mudança de equipa, os resultados começaram a aparecer. Ganhou todos os contrarrelógios em que esteve presente e com a pouca competição devido a lesão que o Nélson Oliveira teve em 2016, para nós é o principal favorito.
*** Rafael Reis, Nélson Oliveira
** José Mendes, José Gonçalves
* Hernâni Broco, Ricardo Mestre, Ricardo Vilela
A nossa aposta: Rafael Reis

Prova em linha sub-23
O percurso é idêntico ao do ano passado, onde Nuno Bico bateu toda a concorrência por uma margem muito grande. Mas este ano, há um nome que estará presente, que tem estado superior a todos os outros. Rúben Guerreiro tem-se apresentado em grande e é de longe o maior favorito.
Luis Gomes e João Rodrigues são outros nomes a seguir de perto, além dos dois mencionados acima.
*** Rúben Guerreiro
** Nuno Bico, Luís Gomes, João Rodrigues
* Tiago Antunes, Hugo Nunes, Tiago Ferreira, César Martingil
A nossa aposta: Rúben Guerreiro

Prova em linha Elites
Com a ausência de Rui Costa, campeão em título e também de Tiago Machado, a prova fica mais aberta aos ciclistas que correm no pelotão português. Destacamos, Jóni Brandão, que já foi campeão nacional em 2013. António carvalho é outro corredor a ter em conta, já que se encontra em grande forma, como comprova a exibição no GP Jornal de Notícias. Amaro Antunes e Ricardo Vilela fecham o quarteto que para nós, reune maior favoritismo. As equipas da W52-Fc Porto-Porto Canal, Efapel e LA Aluminios tentarão controlar a corrida. 
Nélson Oliveira estará também presente, mas o percurso não é à sua medida, o mesmo para José Gonçalves.
*** Jóni Brandão
** António Carvalho, Amaro Antunes, Ricardo Vilela
* José Gonçalves, Nélson Oliveira, João Benta, Joaquim Silva, Frederico Figueiredo
A nossa aposta: Jóni Brandão

Seguir em directo: http://www.classificacoes.net/

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário