Giro 2016 - Antevisão 5ª Etapa

Ao quinto dia de competição, o Giro apresenta uma etapa muito longa, antes da 6ª etapa que será a primeira a dar um cheirinho de alta montanha.


Perfil 5ª Etapa
A partida será feita da cidade de chegada da 4ª etapa e os corredores seguem para o interior, em direcção a Fortino, onde sobem a primeira e última subida categorizada do dia (2.7 km a 7.3%, GPM 3). Depois do primeiro sprint intermédio os corredores, descem para depois subirem o Palomonte, são 7,7 Km a uma média de inclinação de 3,1%.
Depois descem e serão 10 Km através de um vale, após essa passagem, o pelotão volta a subir, são 5,4 Km a 5,9%, isto tudo a 90 Km da meta. De seguida um sobe e desce constante, até se chega a San Potito Ultra, onde os corredores iniciam uma descida, que termina a cerca de 30 Kms da meta, que serão feitos a rolar até Benevento.
Os últimos metros são ligeiramente a subir, mas nada de muito complicado, mesmo para os sprinters que mais sofrem nas subidas.

Parte final da Etapa


Cidade de partida: Praia a Mare

Torre di Fiuzzi
Originalmente Praia a Mare era uma cidade de pescadores e agricultores. Nos dias que correm é um ponto turístico que recebe milhares de visitantes todos os anos. Com um centro histórico belíssimo repleto de obras arquitectónicas, lindas praias e a ilha de Dino. São paisagens de cortar a respiração.

Cidade de chegada: Benevento

Igreja de Santa Sofia
Benevento é uma cidade italiana repleta de história e graças a essa característica é considerada um "museu ao ar livre". Muito há  a visitar nesta belíssima cidade. O melhor é deixar o carro de lado e caminhar pelas suas ruas de forma a conhecer o seu património que nos transporta aos gloriosos anos do império Romano. Não perca o Arco Traiano, o Teatro Romano e a Igreja de Santa Sofia (património da UNESCO). 

Condições meteorológicas
Toda a região de Benevento irá sofrer de alguma instabilidade, a chuva poderá aparecer pela primeira vez na edição deste ano. Céu muito encoberto, com possibilidade de chuva para o final da etapa.
O vento soprará de sul (vento de costas para os ciclistas durante grande parte da etapa), mas fraco, com rajadas entre os 20 e 25 Km/h.

Previsão meteorológica durante a etapa para a região de Benevento
Vento durante a 4ª etapa


Favoritos
Uma etapa muito longa, com sobe e desce mas com os últimos 50 quilómetros sem grandes dificuldades. Claramente uma etapa para os sprinters, ou então para uma fugs, caso as equipas dos homens mais rápidos não quiserem assumir a corrida.

*** Marcel Kittel
** Sacha Modolo, Arnaud Démare, André Greipel, Giacomo Nizzolo
* Elia Viviani, Nicola Ruffoni, Caleb Ewan, Moreno Hofland, Nikias Arndt, Jakub Mareczko

A nossa aposta: Marcel Kittel
A etapa apesar de longa, não é demasiado dura, o que beneficia Kittel, que neste tipo de final deve dominar como fez nas duas etapas na Holanda. Se vencer, será a primeira etapa conquistada no Giro por ele, em solo italiano.
Outsider: Sacha Modolo
O sprinter italiano, nas duas etapas disputadas ao sprint numa esteve muito bem, ficando atrás apenas de Démare e de um super-Kittel. Já em solo italiano e depois da vitória do colega de equipa, Diego Ulissi na 4ª etapa, o sprinter da Lampre deve estar super-motivado para tentar surpreender.

Seguir em directo: #giro, Eurosport 1, @giroditalia

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário