Tour Cycliste International du Haut Var-matin (2.1) - Antevisão


Com as clássicas da primavera quase a iniciarem, muitos dos que marcarão presença nelas estão a fazer a últimas provas de preparação, de forma a rodar e a apresentarem-se nas melhores condições.
Com as provas no Omã, Algarve e Andaluzia, ainda a decorrer, o pelotão presente na prova francesa não está tão recheado de valores, como essas três provas.
Esta será a 48ª edição da prova gaulesa, que tem o seu palmarés dominado pelos ciclistas da casa. O primeiro vencedor foi nada mais nada menos, que o 'ciclista do povo', Raymond Poulidor. Outros nomes famosos conquistaram a prova, Joop Zoetmelk, que é o recordista de vitórias, com 3 no total.

História
últimos 10 vencedores
2006 Leonardo Bertagnolli (ITA) Cofidis
2007 Filippo Pozzato (ITA) Liquigas
2008 Davide Rebellin (ITA) Gerolsteiner
2009 Thomas Voeckler (FRA) Bbox Bouygues Telecom
2010 Christophe Le Mével (FRA) Française des Jeux
2011 Thomas Voeckler (FRA) Team Europcar
2012 Jonathan Tiernan-Locke (GBR) Endura Racing
2013 Arthur Vichot (FRA) FDJ
2014 Carlos Betancur (COL) Ag2r–La Mondiale
2015 Ben Gastauer (LUX) AG2R La Mondiale

Percurso
 1ª etapa - Le Cannet des Maures › Bagnols en Forêt (155 Km)
 2ª etapa - Draguignan › Draguignan (206.8 Km)

A prova é constituída por duas etapas, que decorrem no sábado e domingo. O perfil das duas jornadas são bastante parecidos., percurso com constante sobe e desce, que naturalmente fará mossa no pelotão e acabará por proporcionar a formação de diversos grupos.

Perfis
Perfil da 1ª etapa
Imagem
Perfil da 2ª etapa


Startlist

Favoritos
*****  Diego Ulissi
**** Ben Gastauer, Alexis Vuillermoz, Alexander Geniez
*** Francesco Gavazzi, Pierre Latour, Pierrick Fedrigo, Tom-Jelte Slagter
** Jesús Herrada, Simon Spilak, Arthur Vichot, Patrick Bevin, Baptiste Planckaert
* Alexey Tsatevich, Gaeten Bille, Matteo Montaguti, Giovanni Visconti, Florian Vachon

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário