Katusha enfrenta suspensão após Vorganov acusar positivo

Eduard Vorganov (na imagem)
A União Ciclista Internacional anunciou hoje, que notificou o corredor russo Eduard Vorganov para um controlo positivo ocorrido fora de competição, no dia 14 de janeiro. A substância encontrada foi Meldonium, que foi adicionada à lista de substâncias proibidas, no dia 1 de janeiro de 2016.
O ciclista foi suspenso, mas o mais dramático é que a própria equipa russa também pode ser suspensa, já que este caso é o segundo em menos de 12 meses, depois de Luca Paolini também ter sido 'apanhado' nas malhas do doping, ao acusar cocaína num controlo a 7 de julho de 2015, em plena Volta à França.
Segundo o artigo da UCI, 7.12.1, a instituição que regula a modalidade terá de tomar medidas nos próximos dias. A regra a ser aplicada, significa que a Katusha poderá ser suspensa por 1 mês, tal como sucedeu com a Androni-Venezuela em 2015.

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário