Vuelta 2015 - Antevisão 8ª etapa

Depois da primeira etapa com chegada numa 1ª categoria, aparece um dia mais tranquilo. A chegada a Múrcia, cidade que viu nascer Alejandro Valverde, terá apenas duas dificuldades, duas passagens na mesma subida, Alto de la Cresta del Gallo.

Local de partida: Puebla de Don Fadrique
Vista para o Pueblo de Don Fradique
Localidade Andaluza, situada na província de Granada. Situa-se acima do 1000 metros de altitude e nela vivem pouco mais de 2000 pessoas.
Quando foi reconquistada pelos reis católicos, a localidade foi oferecida a um Conde Navarro e repovoada com Navarros, Murcianos e Castelhanos.
Algumas tradições Navarras foram adoptadas e muitos dos apelidos de família também são oriundos da Navarra.

Local de chegada: Múrcia
Catedral de Múrcia
Múrcia é a capital da região autónoma com o mesmo nome e também é a cidade natal de um dos melhores ciclistas da actualidade, Alejandro Valverde.
É a maior cidade da região, fundada em 825 pelos mouros depois do êxito na irrigação das férteis planícies em volta. Com cerca de 440 mil habitantes, é um centro universitário importante, a cidade desenvolve-se junto ao rio Segura.
Destaque para a Catedral, consagrada em 1467, iniciou-se a construção em 1394, sobre as fundações da mesquita central de Múrcia.

Percurso
Puebla de Don Fadrique - Múrcia, 182,5 Km

vuelta8
Perfil da etapa
A etapa não é muito complicada, no entanto passará já perto do final por uma contagem de 3ª categoria.
Os primeiros 140 Kms são tranquilos sem dificuldades até depois aparecer duas vezes o Alto de la Cresta del Gallo, uma subida de 4,3 quilómetros de extensão a uma pendente média a 6,7%, com o máximo de 15%. Aqui poderá ser feita a selecção final.

Favoritos
Desta vez, não temos grandes favoritos, a nossa aposta vai para uma fuga e nesse caso as opções são muitas dentro do pelotão. As equipas dos favoritos deverão deixar um grupo com ciclistas atrasados, controlando a corrida dessa forma. 
De entre os favoritos à geral, destaque para Alejandro Valverde, que chegará à cidade natal, quem sabe se o Murciano não vai tentar fazer uma gracinha.

A nossa aposta: Fuga
Surpresa: Um fuga não vingar ;)

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário