A segurança sempre em primeiro lugar

Apesar de no blog nos focarmos mais no ciclismo profissional, estamos a tentar criar alguns artigos de interesse para todos aqueles que gostam de praticar este belo desporto.
Quando penso em ciclismo a primeira questão que me ocorre é a segurança. Tem havido cada vez mais relatos de acidentes a envolverem praticantes de ciclismo, o que torna um pouco assustador cada saída para a estrada.
A 1 de Janeiro de 2014 entrou em vigor o novo código da estrada, com regras mais apertadas para desta forma garantir a segurança dos ciclistas. O problema é que muita gente ainda não conhece estas regras, apesar de já estarem em vigor há 1 ano e 8 meses.

Na faixa do autocarro, os ciclistas podem circular se a regulamentação municipal assim o permitir.

Algumas das regras em vifor desde 1 de Janeiro de 2014:
- O ciclista ao apresentar-se pela direita tem prioridade.
- O automobilista ao ultrapassar o ciclista tem de manter a distância de 1,5 metros.
- Na rotunda os ciclista podem usar a faixa de rodagem mais a direita, apenas têm de garantir passagem ao automobilista que se encontre no interior da rotunda e queira sair.
- O ciclista pode circular na faixa reservada aos transportes colectivos, mas esta regra depende da regulamentação municipal.
- Os ciclistas podem circular a par desde que, o façam em local com boa visibilidade, não causem perigo nem problemas ao transito.
- Caso exista ciclovia devem usa-la.
- As crianças com menos de 10 anos estão autorizadas a circular de bicicleta nos passeios.
- As bicicletas equipadas com cadeira para crianças até 7 anos, desde que homologada, podem circular na via pública. O mesmo acontece para bicicletas equipadas com reboque, desde que homologado a sua circulação é autorizada.  

As regras nomeadas acima, são aquelas previstas pelo código da estrada e que tanto ciclistas como automobilistas têm de respeitar. Mas existem várias medidas a serem adoptadas pelo utilizador da bicicleta de forma a tornar mais segura a sua pratica.

Capacete
Apesar de não ser obrigatório por lei, é um dos acessórios fundamentais para a segurança do ciclista. Existem variadissimos modelos, para todos os gostos e preços. Não precisa gastar uma fortuna, só precisa ter alguns cuidados. Escolha um capacete próprio para ciclismo, verifique o tamanho para que seja perfeito para si, deve sentir-se o mais confortável possível com o capacete para não ter a tendência de o tirar. Para além de tudo isto, verifique que o capacete respeita as normas de qualidade da ISO. Normalmente deve ter um certificado de qualidade, mas se não tiver a certeza, pergunte ao vendedor, ele deve saber informa-lo.   

Luzes
Se vai andar de bicicleta durante o dia não há problema. Mas nunca ande de bicicleta de noite sem luzes. É um enorme perigo!
Algumas pessoas só usam o farol traseiro. Na nossa opinião o melhor é combinar o farol traseiro com o dianteiro. 
A luz traseira deve ser colocada logo abaixo do selim. O farol dianteiro deve ser instalado no guiador. 
Se anda de bicicleta à noite não se esqueça das luzes.

Óculos
Tenha em atenção que os olhos são muito frágeis e devemos proteger ao máximo a nossa visão, por isso ao escolher os óculos para ciclismo tenha em atenção que que estes devem estar equipados com filtro para os raios UVA e UVB. Outra coisa a ter em atenção é serem o mais natural possível, vocês devem colocar os óculos e sentirem-se confortáveis. 
Mas aqui temos exactamente a mesma questão do capacete. Não precisam gastar uma fortuna, já há no mercado óculos próprios para ciclismo a vários preços. Visitem várias lojas, pesquisem e experimentem.

Roupas
Os calções devem ser adequados para a pratica do ciclismo, com uma carneira de qualidade para evitar dores. 
Opte por equipamento com cores que o façam notar, para que os automobilistas o vejam bem, quer de dia quer de noite. 

Luvas e protecções
Estes equipamentos podem não salvar vidas, mas não deixam de ser importantes. Pense que podem prevenir algumas lesões em caso de queda.
As luvas devem ser de um material respirável e almofadadas. 
As crianças não devem andar de bicicleta sem as devidas protecções no joelhos e cotovelos, mas os adultos também as deviam usar. Sim, é verdade que pode ser chato ter de se equipar com tudo isto, mas "pessoa prevenida vale por duas". 

Sejam prudentes e divirtam-se!


Fonte da imagem: Deco Proteste

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário