Vista geral sobre as Clássicas da Primavera

Multidão em loucura com as clássicas da Primavera (na imagem)

Com a disputa da Liége-Bastogne –Liége no passado fim de semana as clássicas da primavera cheram ao fim. Foram 12 provas que se disputaram neste periodo primaveril. Os ciclistas que se apresentaram em melhor momento foram: Alexander Kristoff, com dois triunfos Tour de Flandres e no GP Escaut. O alemão John Degenkolb fez história com duas enormes vitórias, na Milão-S.Remo e no Paris – Roubaix. Nas ardenas a estrela maior foi Alejandro Valverde que venceu a Fléche Wallonne e a Liége Bastogne Liége e alcançou ainda um pódio na Amstel Gold Race. 

A Ettix-Quickstep foi uma das equipas que desiludiu um pouco os fãs pois só apenas triunfou uma vez embora tenha conquistado vários pódios. 

Wiggins também foi uma das desilusões, com todas as suas baterias apontadas ao Paris-Roubaix à muito tempo nem pódio fez. Nem sequer causou mossa na discussão da prova.

O jovem Julian Alaphilippe de apenas 22 anos provou que é uma das grandes revelações até ao momento da temporada pois obteve dois segundos lugares nas clássicas das Ardenas.

Ranking UCI (28-04-2015)
1 Alejandro Valverde Movistar Team 338
2 Richie Porte Team Sky 303
3 Alexander Kristoff Team Katusha 237
4 John Degenkolb Team Giant-Alpecin 232
5 Joaquin Rodriguez Team Katusha 230
6 Michal Kwiatkowski Etixx- Quick Step 195
7 Rui Costa Lampre-Merida 194
8 Geraint Thomas Team Sky 184
9 Greg Van Avermaet BMC Racing Team 178
10 Nairo Quintana Movistar Team 168

 

Também pode interessar:

jdragon cycling team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário