Italianos em maioria nos pelotões World Tour e Pro-Continental

Os pelotões  World Tour e Pro-Continental numa imagem (Fonte:Cobbles &Hills)
A imagem acima representa bem os pelotões World Tour e Pro-Continental para 2015. Os Italianos estão em maioria, com 124 corredores, seguidos da França que tem 113 e a Bélgica completa o pódio com 98.
Destaque também para a cada vez maior representação Australiana, são 49 corredores e a queda dos Espanhóis, que em 2015 serão apenas 52, longe vão os tempos que a 'armada Espanhola' era da mais representada.
Outro país muito bem representando é a Holanda, sem grande surpresa, já que se trata de um dos países com maior tradição na modalidade, são a 4ª nação mais representada com 64 corredores. 
O terceiro posto da Bélgica também não constitui nenhuma surpresa, dada a tradição do país, mas não deixa de ser impressionante que um país que em tamanho é mais pequeno que o nosso e com uma população semelhante à nossa, tenha tantos ciclistas nas duas principais 'divisões' do ciclismo mundial.
Impressionante é também o número de Colombianos, serão 35!

Quanto a Portugal, serão 11 ciclistas a representar a bandeira lusa, não se pode dizer que seja mau, já que por exemplo o Reino Unido só tem 18. 

Quanto a continentes, a Europa domina claramente, embora a diferença seja menor do que décadas atrás, para isso os principais responsáveis pela menor diferença, são, os Estados Unidos, Austrália e Colômbia, que estão muito bem representados. Isso também se reflecte no número de equipas, por exemplo os Estados Unidos é o país mais bem representado no World Tour, com 3 equipas (BMC, Cannondale-Garmin e Trek). A Itália é o país com mais equipas Pro-Continentais, são ao todo, quatro (Androni, Bardiani, Neri Sottoli e Nippo-Vini Fantini).
Por último, ainda sobre o número de equipas, não deixa de ser impressionante o momento que actualmente vive o ciclismo Espanhol. Há uma década atrás, o pelotão internacional tinha várias equipas Espanholas, aliás, a Espanha juntamente com a Itália dominavam o panorama internacional, actualmente a Espanha apresenta uma equipa no World Tour (Movistar) e uma Pro-Continental (Caja Rural).

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário