Grand Prix de Denain - Porte du Hainaut (1.HC) - Antevisão

 

Depois do primeiro monumento da temporada, as atenções voltam-se para França e para o seu calendário muito rico em corridos . O GP Denain comemora este ano a sua 59ª edição. Como revela o nome, a prova disputa-se na zona de Denain, bem perto da Bélgica e é marcada pelos tradicionais setores de pavé.
O recordista de vitórias da prova é Jimmy Casper, com quatro vitórias no total.

História

últimos 10 vencedores
2009 Jimmy Casper (FRA)     Besson Chaussures–Sojasun
2010 Denis Flahaut (FRA)     ISD Continental Team
2011 Jimmy Casper (FRA)     Saur–Sojasun
2012 Juan José Haedo (ARG)     Team Saxo Bank
2013 Arnaud Démare (FRA)     FDJ
2014 Nacer Bouhanni (FRA)     FDJ.fr
2015 Nacer Bouhanni (FRA)     Cofidis
2016 Daniel McLay (GBR)     Fortuneo–Vital Concept
2017 Arnaud Démare (FRA)     FDJ
2018 Kenny Dehaes (BEL) WB Aqua Protect Veranclassic 

Edição 2018 (Top-10)
1    Kenny Dehaes (Bel) WB Aqua Protect Veranclassic    4:33:37   
2    Hugo Hofstetter (Fra) Cofidis, Solutions Credits    0:00:02   
3    Julien Duval (Fra) AG2R La Mondiale        
4    Andrea Pasqualon (Ita) Wanty-Groupe Gobert        
5    Bram Welten (Ned) Fortuneo-Samsic        
6    Coen Vermeltfoort (Ned) Roompot-Nederlandse Loterij        
7    Shane Archbold (NZl) Aqua Blue Sport        
8    Marc Sarreau (Fra) Groupama-FDJ        
9    Jimmy Turgis (Fra) Cofidis, Solutions Credits        
10    Adrien Petit (Fra) Direct Energie        
11    Yannick Martinez (Fra) Delko Marseille Provence KTM

Percurso

Denain > Denain, 198 Km

Os 198 quilómetros são praticamente planos, as dificuldades são setores de pavé. Ao todos são 12 troços de empedrado, com alguns a terem um grau de dificuldade considerável.
O setor mais complicado é o 3 classificado com 4 estrelas. 8 sectores são de 3 estrelas, entre eles o último que fica a menos de 10 quilómetros da meta e que pode fazer a seleção final.


Setores de pavé:  
1. Eswars à Paillencourt (++, 1700 m, Km 39.7),
2. Wallers à Hélesmes (+++, 1600 m, Km 73.9),
3. Wallers à Haveluy (++++, 2400 m, Km 81.3),
4. Avesnes-le-Sec à Hordain (+++, 2600 m, Km 104.1),
5. Wasnes à Marcq (+++, 1400 m, Km 115.5),
6. Marquette à Abscon (+++, 1600 m, Km 123.6),
7. Avesnes-le-Sec à Hordain (+++, 2600 m, Km 145.2),
8. Bouchain à Mastaing (+, 600 m, Km 152.2),
9. Marquette à Abscon (+++, 1600 m, Km 156.5),
10. Avesnes-le-Sec à Hordain (+++, 2600 m, Km 178.1),
11. Bouchain à Mastaing (+, 600 m, Km 185.1),
12. Marquette à Abscon (+++, 1600 m, Km 189.3)

Startlist

Aqui

Condições meteorológicas


Probabilidade reduzida de chuva e temperatura a rondar os 12ºC. Mas é o vento que pode tornar a prova ainda mais imprevisível, soprará moderado de Norte.

Favoritos

⭐⭐⭐⭐⭐ Mathieu van der Poel
⭐⭐⭐⭐ Lars Boom, Marc Sarreau, Timothy Dupont
⭐⭐⭐ Baptiste Planckaert, Boy Van Poppel, Rudy Barbier, Jonas Van Genechten
⭐⭐ Ramon Sinkeldam, Adrien Petit, Damien Gaudin, Andrea Pasqualon, Bram Welten
⭐ Stijn Vandenbergh, Dimitri Claeys, Frederik Backaert, Amaury Capiot, Justin Jules, Damien Touze, Alex Kirsch, Aksel Nommela

A nossa aposta: Mathieu van der Poel
Vitima da queda que marcou o final da Nokere Koerse, o holandês acabou por até ter sorte por não ter nada de grave. No dia seguinte já esteve em cima de uma bicicleta a fazer o reconhecimento da Volta à Flandres.
Vai querer redimir-se já aqui e devido à sua versatilidade, tanto ganha atacando de longe como ao sprint, é o grande favorito.

Outsider: Lars Boom
Em tempos foi um dos melhores neste terreno, agora está longe do que já foi. De vez enquando ainda se mostra competitivo e contra um pelotão deste nível não será surpresa que dispute a vitória.
Este ano já esteve na disputa da Le Samyn.

Seguir em direto:  @GrandPrixDenain ‏, 


Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário