Scheldeprijs (1.HC) - Antevisão




Esta é a mais antiga clássica flamenga, disputa-se desde 1907 e este ano comemora a sua 106ª edição. Até 2009 era conhecida por Scheldeprijs Schoten e Scheldeprijs Vlandeeren. É uma clássica que privilegia os sprinters, o seu percurso é completamente plano e o pavé faz poucas aparências prova.
Em 2010 trocou de data com a Brabantse Pijl, de forma a atrair mais e melhores corredores, passando a realizar-se antes do Paris-Roubaix.
Marcel Kittel é o recordista, com cinco vitórias, seguido de Mark Cavendish, Piet Oellibrandt com três triunfos.

História

últimos 10 vencedores
2008 Mark Cavendish (GBR) Team High Road
2009 Alessandro Petacchi (ITA) LPR Brakes–Farnese Vini
2010 Tyler Farrar (USA) Garmin–Transitions
2011 Mark Cavendish (GBR) HTC–Highroad
2012 Marcel Kittel (GER) Argos–Shimano
2013 Marcel Kittel (GER) Argos–Shimano
2014 Marcel Kittel (GER) Giant–Shimano
2015 Alexander Kristoff (NOR) Team Katusha
2016 Marcel Kittel (GER) Etixx - Quick-Step
2017 Marcel Kittel (GER) Quick-Step Floors

Edição 2017 (Top-10)
1    Marcel Kittel (Ger) Quick-Step Floors    4:35:25    
2    Elia Viviani (Ita) Team Sky         
3    Nacer Bouhanni (Fra) Cofidis, Solutions Credits         
4    Jurgen Roelandts (Bel) Lotto Soudal         
5    Pascal Ackermann (Ger) Bora-Hansgrohe         
6    Rudy Barbier (Fra) AG2R La Mondiale         
7    Reinardt Janse Van Rensburg (RSA) Dimension Data         
8    Marc Sarreau (Fra) FDJ         
9    Ramon Sinkeldam (Ned) Team Sunweb         
10    Jonas Van Genechten (Bel) Cofidis, Solutions Credits

Percurso

Terneuzen › Schoten (200.4 Km)

Prova praticamente plana, adequada aos sprinters e que deverá ser controlada pelas equipas dos mesmos, o historial indica isso mesmo. É também conhecida por ser uma prova com muitas quedas.
Não há grandes pontos de interesse, o percurso é praticamente plano, com três passagens pela meta. A primeira delas aos 150 quilómetros de corrida. No circuito, os corredores enfrentam uma das zonas mais complicadas do percurso, o setor de pavé, Broekstraat, com 1700 metros de extensão.



Zona de abastecimento:
- Kruiningen (-1 m, Km 96.8),
- Meta (7 m, Km 150.2).

Setores de pavé:
1. Broekstraat (++, 1700 m, Km 160.1),
2. Broekstraat (++, 1700 m, Km 176.8),
3. Broekstraat (++, 1700 m, Km 193.6).

Startlist

Aqui

Condições meteorológicas

Possibilidade elevada de chuva, o que torna a prova ainda mais perigosa. O vento soprará moderado de sudoeste e a temperaturas rondarão os 14 ºC.

Favoritos

***** Dylan Groenewegen
**** Marcel Kittel, Arnaud Demare
*** Alvaro Hodeg, Pascal Ackermann, Fabio Jakobsen
** Phil Bauhaus, Riccardo Minali, Edvald Boasson Hagen
* Tom Van Asbroeck, Amaury Capiot, Jonas Van Genechten, Mike Teunissen, Adam Blythe, Jens Debusschere
A nossa aposta: Dylan Groenewegen
O holandês tem sido o grande sprinter deste inicio de temporada e apresenta-se nesta prova como o principal favorito, mesmo com a concorrência de Marcel Kittel.
A LottoNL-Jumbo também está bem recheada no apoio a Groenewegen, para lhe garantir proteção durante a etapa e para o lançar no sprint.

Outsider: Pascal Ackermann
Foi 3º na Handzame Classic e 2º nos 3 dias de Panne, em ambas provas, o vencedor foi um ciclista da Quick-Step Floors. Não é um dos principais favoritos, esse são, Groenewegen, Kittel e Demare, mas aparece logo após esses.
A equipa alemão ainda tem Pelucchi, Selig, Kolar e Baska, ciclistas com pontas finais temíveis, que devem lançar Ackermann.

Seguir em directo: @Scheldeprijs, #Scheldeprijs



Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário