Geraint Thomas: "Eu acredito no Chris Froome, mas irei correr o meu próprio Tour de France"

Geraint Thomas (Foto: TDWSport.com/Tim de Waele)
Gerraint Thomas deu uma entrevista exclusiva ao Cyclingnews durante o estágio de equipa em Maiorca, Espanha, e disse que acreditava que o líder da sua equipa é inocente e que Froome não infringiu as regras de forma deliberada.

"Para começar, eu confio nele. Não acho que Chris faria alguma coisa ilegal. Isto é apenas uma situação difícil.
Não sei os factos que vão usar para argumentar o seu caso, mas isto é complicado, ainda por cima por ser quem é. Estou com ele a 100 por cento, não acho que ele seja mentiroso.
Estou triste por ele e pela sua reputação, mas também pela equipa. É mais uma coisa contra a equipa, mas eu acredito que ele não fez nada de errado".

Com o futuro de Froome ainda incerto, Thomas escolheu participar no Tour, afirmando que terá liberdade de fazer a sua própria corrida e que se Froome for suspenso, poderá até liderar a equipa.

"Sentei-me com o Tim Kerrison e o Dave e disse que queria apontar o Tour. Quero estar na melhor forma possível e aproveitar ao máximo da situação, mas eu quero ir por mim próprio".

"Dada a escolha do Giro e do Tour por parte de Froome, eu gostaria de fazer o Tour como a segunda figura. Muito pode acontecer e vimos este ano que o Landa comprometeu-se com Froome, mas ainda assim terminou em quarto. Não há certezas que o Froome estará tão forte como de costumo e que irá correr e vencer novamente. Espero estar numa situação semelhante para o Tour, como estive para o Giro deste ano.
É verdade que poderia fazer os dois (Giro e Tour), mas prefiro fazer o Tour".

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário