Nibali - Actualmente, Froome e Dumoulin podem vencer as três grandes voltas


Vincenzo Nibali já planeia a sua próxima temporada. Numa entrevista exclusiva ao O Jogo, o 'tubarão' como é conhecido, apontou alguns temas interessantes e incluindo o facto de que, após a retirada de Alberto Contador, ele é o único ciclista no activo que ganhou as três grandes voltas.

Do pelotão atual, aqueles que, na opinião de Nibali, podem alcançar essa conquista são Chris Froome (a quem falta apenas o Giro d'Italia) e Tom Dumoulin, a quem Nibali preve um grande futuro.

O italiano falou ainda sobre a planificação da próxima temporada e sobre o português Rui Costa.

Tem contrato com a Bahrain-Merida até 2019. Sendo esta uma modalidade enraizada na Europa, o que pensa da abertura do ciclismo aos países árabes?
- O mundo tem experienciado uma rápida globalização e o ciclismo tem vindo gradualmente a internacionalizar-se. Estava a correr por uma equipa cazaque e agora corro por uma equipa do Barém. Estou encantado por fazê-lo e por contribuir para o crescimento do ciclismo no mundo árabe.

Corre com o seu irmão mais novo, António, na equipa. O que vos diferencia enquanto ciclistas?
- Ele é novo e, por isso, ainda pode evoluir. Este ano, fez um grande progresso e uma excelente Volta a Espanha. Do ponto de vista técnico, sou mais forte a subir, enquanto ele tem um bom ritmo em terreno plano e em percursos ondulados.

Depois da retirada de Alberto Contador, é o único ciclista no ativo que venceu as três grandes voltas. Na sua opinião, que ciclista pode vir a alcançar esse feito?
- Penso em Chris Froome, que pode tentar ganhar o Giro de Itália, mas também em Tom Dumoulin, que terá um grande futuro.

Por falar em Contador, a sua retirada, aos 34 anos, pareceu prematura para muitos fãs. Completou recentemente 33 anos, até que idade podemos contar com Nibali na estrada?
- Até conseguir estar com os melhores ciclistas! Não sei dizer... Pedalo porque gosto e penso que irei parar quando já não me divertir mais.

O seu calendário nunca se cruzou com Portugal. Gostaria de correr a Volta ao Algarve?
- Sim, gostaria de correr a Volta ao Algarve. Mas o meu programa de corrida não me permitiu até ao momento. Veremos no futuro.

Tem-se cruzado em inúmeras provas com Rui Costa, vencedor do Mundial de 2013 em Florença. O que recorda desse Mundial e o que pensa do ciclista português?
- Rui Costa é um grande campeão e considero a sua vitória de Florença uma grande obra-prima de força e de técnica.

Venceu as três grandes voltas e um Monumento (uma das cinco clássicas mais importantes). O que mais ambiciona alcançar no ciclismo?
- Amo a minha bicicleta e, como disse, serei ciclista profissional até me sentir bem a correr. Gostaria de vencer um título Mundial e os Jogos Olímpicos, mas, na verdade, quando corro gosto de ganhar sempre.

Entrevista retirada na integra de: https://www.ojogo.pt/modalidades/ciclismo/noticias/interior/vincenzo-nibali-em-exclusivo-rui-costa-e-um-grande-campeao-8923094.html

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

1 comentário:

  1. Obviamente Quintana também é candidato a ter os 3 GTS no Curriculum,

    ResponderEliminar