Paris-Tours (1.HC) - Antevisão


A temporada caminha a passos largos para o seu final e o Paris-Tours é considerada a última grande clássica do calendário internacional. Não sendo um monumento é uma prova muito importante, que podia perfeitamente estar no calendário do World Tour.
A edição deste ano será a 111ª, os belgas dominam a lista de vencedores com 41 vitórias seguidos dos franceses com 31. É uma clássica muito ao jeito dos sprinters, não é por acaso que é conhecida como a 'clássica dos sprinters' e a lista de vencedores de facto tem um número apreciável de velocistas.

História

últimos 10 vencedores
2007 Alessandro Petacchi (ITA) Team Milram
2008 Philippe Gilbert (BEL) Française des Jeux
2009 Philippe Gilbert (BEL) Silence-Lotto
2010 Oscar Freire (ESP) Rabobank
2011 Greg Van Avermaet (BEL) BMC Racing Team
2012 Marco Marcato (ITA) Vacansoleil-DCM
2013 John Degenkolb (GER) Argos-Shimano
2014 Jelle Wallays (BEL) Topsport Vlaanderen-Baloise
2015 Matteo Trentin (ITA) Etixx - Quick Step
2016 Fernando Gavíria (COL) Etixx - Quick Step

Edição 2016 (Top-10)
1 Fernando Gaviria Rendon (Col) Etixx - Quick-Step 5:22:03
2 Arnaud Demare (Fra) FDJ
3 Jonas Vangenechten (Bel) IAM Cycling
4 Matteo Trentin (Ita) Etixx - Quick-Step
5 Bryan Coquard (Fra) Direct Energie
6 Mark Cavendish (GBr) Dimension Data
7 Nacer Bouhanni (Fra) Cofidis, Solutions Credits
8 Jens Debusschere (Bel) Lotto Soudal
9 Luka Mezgec (Slo) Orica-BikeExchange
10 Jean-Pierre Drucker (Lux) BMC Racing Team

Percurso

Brou - Tours, 234,5 Km

Prova adequada aos sprinters, por ser completamente plana. No entanto é uma das clássicas mais longas do calendário, com uma quilometragem a fazer lembrar um monumento, são mais de 230 Kms!
Apesar do nome, o ponto de partida não é em Paris, mas em Brou, que substitui Dreux. Os corredores fazem os primeiro quilómetros em direcção a nordeste, virando depois para sul, sempre em terreno plano. O vento e a chuva seriam os únicos factores que podem tornar a corrida anárquica.
A chegada a Tours, após uma longa jornada, não tem dificuldades, a cerca de 25 Kms situa-se uma das poucas subidas, as Côte de Beau Soleil e Côte de l'Épan, dificilmente farão diferenças, Devido à sua quilometragem a prova por vezes pode-se tornar selectiva, mas as principais equipas dos sprinters deverão controlar para que o final seja num grupo compacto.

Mapa da prova

Perfil da prova

Últimos 13 Km

Startlist

Aqui

Condições meteorológicas

Existe a probabilidade que a chuva apareça e com o vento a soprar moderado de noroeste, a corrida pode-se tornar mais imprevisível. A temperatura rondará os 16ºC.

Favoritos

***** Fernando Gaviria
**** Nacer Bouhanni, André Greipel, Matteo Trentin
*** Dylan Groenewegen, Phil Bauhaus, Jempy Drucker, Mark Cavendish
** Rudy Barbier, Nikias Arndt, Oliver Naesen, Søren Kragh Andersen
* Niki Terpstra, Zdenek Stybar, Andrea Pasqualon, Rick Zabel, Roy Jans, Jasper De Buyst, Marc Sarreau

A nossa aposta: Fernando Gavíria
A Quick-Step tem duas cartas para jogar e o colombiano é a principal. Venceu a edição do ano passado de forma impressionante, com um ataque demolidor no último quilómetro.
Este ano, a sua temporada foi brilhante e para nós é o grande favorito a voltar a vencer a Paris-Tours. Pode vencer no sprint ou como fez no ano passado, com uma ataque nos últimos quilómetros, o que faz dele um dos sprinters mais versáteis em prova.

Outsider: Matteo Trentin
O italiano venceu a prova em 2015 e este ano está na forma da sua vida. Parte como a segunda opção para a Quick-Step Floors, mas o momento que está a passar torna-o obrigatoriamente como um dos principais favoritos.
Também não será de estranhar se a equipa belga colocar dois homens nos primeiros lugares.

Seguir em directo: @ParisTours#ParisTours
(a partir das 14:30 hora de Portugal continental)

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário