Froome: "Os meus principais adversários para o Tour são os que não foram ao Giro"

Chris Froome e Richie Porte na Cadel Evans Great Ocean Road Race 2017 (foto: Tim de Waele)
Agora que o Giro d'Itália terminou os olhos começam a ser postos na Volta à França. Para 'aguçar o apetite' temos, a partir do próximo Domingo, o Critérium du Dauphiné, prova usada por muitos ciclistas para a preparação do Tour.

Um dos cabeças de cartaz é Chris Froome, que durante estes dias deu uma entrevista à Reuters, na qual fala sobre a sua preparação e os seus maiores adversários para o Tour.
"Os meus principais adversários para o Tour são os que não foram ao Giro: Richie Porte, Alberto Contador e Romain Bardet. Acho que vai ser muito difícil para o Nairo combinar o Giro e o Tour."

Mas recordando-se da última Vuelta, na qual o colombiano estava melhor do que no Tour e acabou por a vencer, Froome dá o benefício da dúvida:
"Talvez ele seja um ciclista que se sente melhor na sua segunda grande volta consecutiva".

Froome acaba de regressar de um estágio em altitude e considera que a sua preparação até aqui foi perfeita e aproveitou para confirmar a participação na Vuelta. 
"A minha preparação foi identica a 2016, chego de uma concentração em altitude que correu bem.
Se tudo correr como o previsto, depois do Tour irei à Vuelta."

Domingo começa o Critérium du Dauphiné, prova que Froome já venceu por 3 vezes e onde irá medir forças contra Contador, Porte e Bardet.

Fonte: http://www.cyclingnews.com

 

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário