Greipel desapontado com incidente que o fez perder a camisola rosa

André Greipel no final da 2ª etapa do Giro d'Itália 2017 (Foto: Tim de Waele/TDWSport.com)
No final da etapa de ontem, André Greipel estava visivelmente desapontado por ter perdido a camisola de líder da classificação geral para Fernando Gavíria.

Os últimos quilómetros da etapa foram muitos bastante tensões para o pelotão. Os fortes ventos laterais que se faziam sentir dificultaram o trabalho das equipas para uma chegada em pelotão compacto. A cerca de 10 quilómetros da meta, a Quick-Step Floors conseguiu partir o pelotão e descolar com um reduzido grupo no qual estavam inseridos Fernando Gavíria e André Greipel. Greipel parecia atento a tudo o que se passava em seu redor mas um pequeno incidente fez com que perde-se o grupo e nunca mais conseguiu recuperar.
"Eu estava no primeiro grupo quando, ao desviar-me do ciclistas que estava na minha frente, o meu pé soltou-se do pedal. E desta forma perdi o contacto.
É uma pena e estou bastante desapontado. Era a situação perfeita para mim porque a Quick-Step Floors tinha vários ciclistas no grupo e eu poderia ter mantido a calma na parte de trás."
Greipel ainda tentou chegar ao grupo da frente mas a tarefa revelou-se hercúlea, tendo terminado na 10ª posição.
"Eu poderia ter mantido a camisola rosa. Mas como desportista tenho de ser capaz de aceitar estas coisas.
Tenho pena, pois gostava de usar a maglia rosa na Sardenha."

Fonte: http://www.cyclingnews.com 

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário