Giro 2017 - Antevisão 15ª Etapa

Depois de um dia em que Dumoulin abriu um pouco mais de vantagem sobre os principais adversários, a chegada a Bérgamo promete ser mais calma para os candidatos à geral do que a anterior.

Perfil da etapa
Mapa da etapa
A segunda semana termina com uma etapa de média montanha de 199 quilómetros de extensão. Os primeiros 150 quilómetros não apresentam dificuldades. Os últimos 49 quilómetros tem duas subidas categorizadas, a primeira é o Miragolo S.Salvatore (GPM2, 8.7 km a 7%), logo seguido de uma curta descida de 5 quilómetros e nova subida, desta vez ao Selvino (GPM3, 6.9 km at 5.4%.
A descida é longa, são 12 quilómetros muito técnicos. Já em Bérgamo, há uma pequena ascensão não categorizada (1 km a 7,9%), situada a 3,5 quilómetros do final e depois é descida até à meta.
Miragolo San Salavatore
Selvino
Últimos 5,2 Kms
Chegada a Bérgamo

Cidade de partida: Valdengo

Valdengo é um município italiano da região do Piemonte, província de Biella.
Situa-se no sopé das montanhas de Biella, com um território que se estende desde as colinas verdes até às planícies, com bonitos e coloridos campos cultivados. As casas, na sua maioria pequenos apartamentos, tem grandes e bem cuidados jardins que se misturam com as paisagens verdes e as vastas florestas da região.
Em Valdengo não se encontra um verdadeiro centro mas sim, algumas aldeias que nasceram junto ao castelo, com data do ano 1000.

Cidade de chegada: Bérgamo

Bérgamo foi fundada, com o nome de Barra na época pré-romana pelos lígures ou pelos etruscos.
A cidade de Bérgamo divide-se em duas partes bem distintas, a Città Alta, centro histórico cercado por uma muralha e onde se pode visitar alguns dos lugares mais importantes da cidade (Palazzo della Ragione e dalla Biblioteca Civica Angelo Mai alla Chiesa di Sant’Agostino e alla Basilica di Santa Maria Maggiore) e a Città Bassa, a parte moderna.

Condições meteorológicas

Mais um dia com condições meteorológicas excelentes para os ciclistas. A previsão é de muito sol e temperatura a rondar os 24 ºC.
O vento soprará de fraco de sudoeste, o que significa que a primeira parte os ciclistas apanharão o vento de costas, no Selvino serão laterais e em Bérgamo soprará de frente.

Favoritos

**** Fuga (Omar Fraile, Giovanni Visconti, Patrick Konrad, Simone Petilli, Valerio Conti, Diego Rosa, Vencedor Anacona, Michael Woods, Matteo Montaguti,
*** Laurens De Plus, Luis Leon Sanchez, Tom Dumoulin
** Ilnur Zakarin, Adam Yates, Ben Hermans
* Vincenzo Nibali, Rui Costa, Tanel Kangert

A nossa aposta: Fuga
A etapa tem a dificuldade concentrada nos últimos 50 quilómetros, numa corrida que poderá ser controlada pela Sunweb desde inicio. A equipa de Dumoulin no entanto, não poderá responder a todos os ataques e apenas se deve concentrar se algum dos rivais próximos do holandês atacar.


Outsider: Luis Léon Sánchez
O espanhol já tentou vencer uma etapa, sem sucesso, mas prometeu que iria continuar a tentar. Este dia é bom para ele fazer mais uma tentativa, o percurso não é demasiado duro e as dificuldades estão perto do final. 

Seguir em direto: #giro100, @giroditalia
(a partir das 12:15, hora de Portugal Continental)

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário